Esporte

Grêmio dá troco no Toluca, vence e assume ponta da tabela de vice-líderes

19/04/2016 23h41

Porto Alegre, 19 abr (EFE).- O Grêmio fez o mínimo nesta terça-feira, venceu em casa o Toluca por 1 a 0, pela última rodada do grupo 6 da Taça Libertadores e assumiu provisoriamente a condição de líder entre os segundos colocados desta fase da competição continental.

O gol isolado do troco no time mexicano pela derrota na estreia por 2 a 0, foi marcado por Ramiro, logo aos 15 minutos do primeiro tempo. O volante, que vem atuando como lateral-direito, finalizou para as redes de cabeça, após lançamento preciso do meia-atacante Luan.

O Tricolor gaúcho entrou em campo classificado e já garantido na vice-liderança, devido a diferença de pontos para o adversário de hoje. Com a vitória, a equipe chegou aos 11 pontos e assumiu a posição de o melhor entre os segundos da competição.

Agora, o Grêmio aguarda a definição de outros três grupos, já que São Paulo, Racing e Independiente Santa Fé ainda podem ultrapassá-lo. Do posicionamento nesta tabela sairá o rival nas oitavas, que deve ser Rosario Central, Boca Juniors ou River Plate, com chances remotas de ser o próprio Toluca ou o Corinthians.

O time mexicano, que hoje perdeu a invencibilidade na competição, e ficou com 13 pontos, é atualmente o quarto na tabela de líderes, e ainda pode perder um posto, caso o Timão vença amanhã o Cobresal por dois gols de diferença, na capital paulista.

No outro grupo da rodada final do grupo 6, San Lorenzo e LDU de Quito, que entraram em campo já eliminados na Argentina, ficaram no empate em 1 a 1. O campeão de 2014 terminou a competição sem vitória, mas na terceira posição, com quatro pontos, enquanto o time equatoriano ficou na lanterna, com a mesma pontuação.

Para a partida de hoje em Porto Alegre, Róger Machado contou mais uma vez com os laterais improvisados Ramiro e Marcelo Oliveira, e com o volante e capitão Maicon. Por outro lado, o Toluca, que já tinha assegurada a liderança da chave, entrou em campo com time recheado de reservas.

Quando a bola rolou, os dois times deixaram claro que não fariam uma partida em ritmo alto. Com mais posse de bola, o Grêmio se preocupava em trocar passes no campo de ataque, de olho na possibilidade de achar um espaço na defesa do time adversário.

Aos 15 minutos, Luan dominou bola na intermediária e acertou lançamento primoroso para Ramiro, que entrou nas costas da defesa e testou na saída do goleiro Sánchez, para abrir o placar para os donos da casa.

Por muito pouco, aos 18, após blitz na área do Toluca, o Grêmio não ampliou. Luan recebeu na área e bateu colocado, em bola que saiu muito perto da trave esquerda. Depois disso, quase sempre com o camisa 7, o time da casa até tentou ameaçar, mas mostrou pouca efetividade.

O adversário se aproveitou de desatenção aos 32 minutos do primeiro tempo e quase marcou, quando Gamboa pegou sobra na direita após cochilo da defesa, disparou e bateu cruzado da lateral da área, parando em defesa em dois tempos de Marcelo Grohe.

Aos 37, no último lance de emoção da metade inicial do confronto, Maicon serviu Bobô na área, e o atacante bateu à esquerda do gol defendido por Sánchez.

O segundo tempo começou com ritmo muito parecido ao do primeiro, apesar de o Toluca se mostrar mais disposto a agredir o Grêmio. O primeiro lance de perigo dos donos da casa veio só aos 7 minutos, em boa jogada coletiva, que terminou com finalização ruim de Maicon.

Róger Machado, em busca de dar mais velocidade ao time, tirou Douglas e Bobô de campo, para lançar, respectivamente, Lincoln e Henrique Almeida. Aos 26, o ex-atacante de Botafogo e Coritiba quase marcou, após bola cruzada de Luan da direita, em que ele, com gol quase aberto, se esticou todo, mas não conseguiu fazer o desvio.

Quatro minutos depois, foi a vez de Maicon lançar na medida para Ramiro, que levantou para a área, em direção a Henrique. Desta vez, o toque acabou sendo muito forte e o camisa 9 não conseguiu alcançar a bola.

Aos 37, após longa troca de passes, em que o Toluca não incomodou, Luan recebeu na intemediária e soltou uma bomba rasteira, que saiu à direita do gol defendido por Sánchez. No finzinho, Esquivel, que havia entrado no lugar de Lobos, até tentou marcar, mas o placar seguiu inalterado em 1 a 0 até o último apito.



Ficha técnica:.

Grêmio: Marcelo Grohe; Ramiro, Geromel (Bressan), Fred e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Giuliano, Luan e Douglas (Lincoln); Bobô (Henrique Almeida). Técnico: Róger Machado.

Toluca: Sánchez; Silva, Pérez, Quezada e Gamboa; Navarro, Brambila, Velasco e Lobos (Esquivel); Saucedo e Arellano. Técnico: José Cardozo.

Árbitro: Gustavo Murillo (Colômbia), auxiliado pelos compatriotas Wilmar Navarro e Alexander León.

Gol: Ramiro (Grêmio).

Cartões amarelos: Henrique Almeida (Grêmio); Lobos e Brambila (Toluca).

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo