Esporte

Tigres e América levam duelo Brasil e Argentina para final da Concachampions

19/04/2016 16h47

Cidade do México, 19 abr (EFE).- Tigres, que tem técnico e jogadores brasileiros no elenco, e América, que aposta em diversos argentinos, abrem nesta quarta-feira a decisão da Liga dos Campeões da Concacaf, com jogo no Estádio Universitário, em San Nicolás de los Garza, na região de Monterrey, no México.

Os donos da casa no duelo de ida, são comandados por Ricardo Ferretti, o "Tuca", que como jogador, vestiu as camisas de Botafogo e Vasco, se transferindo em 1977 para o país de onde não saiu mais. Ele está no clube desde 2010, tendo sido campeão nacional duas vezes. Em 2003, no Toluca, conquistou pela única vez a 'Concachampions'.

Além disso, o clube azul e amarelo conta no elenco com outro ex-botafoguense, o zagueiro e capitão Juninho, que defendeu também o Coritiba, e o atacante Rafael Sóbis, ex-Internacional e Fluminense. Os dois são os principais coadjuvantes de um elenco que tem como astro o atacante francês André-Pierre Gignac.

O América, que pode se tornar o maior campeão da historia do torneio, com sete conquistas, uma a mais que o Cruz Azul, aposta mais nos 'hermanos', com três argentinos no elenco, todos prováveis titulares na decisão. São eles o zagueiro Paolo Goltz, o meia Rubens Sambueza, ex-Flamengo, que é capitão do time, e o atacante Darío Benedetto.

O último irá a campo graças a suspensão do atacante colombiano Darwin Quintero, que está suspenso, assim como outra opção para o setor ofensivo, o equatoriano Michael Arroyo. O goleiro Moisés Muñoz também está vetado, por lesão, e o lateral-direito Paul Aguilar aguarda liberação do departamento médico para jogar.

Único brasileiro do elenco, o atacante William da Silva, que atuou na base de Corinthians e Palmeiras, não pode entrar em campo na competição, já que atuou na primeira fase pelo Querétaro, onde chegou a ser companheiro de Ronaldinho Gaúcho entre 2014 e 2015.

Tigres e América chegaram a esta semifinal invicto, tendo feito oito jogos até aqui. Os anfitriões do primeiro jogo venceram quatro vezes e empataram outras quatro, enquanto a equipe da capital levou a melhor em cinco compromissos e ficou três vezes em igualdade.

Já nas semifinais, os dois finalistas passaram por compatriotas. O Tigres despachou o Querétaro, enquanto o América superou o Santos Laguna. Na etapa anterior, as vítimas foram dos Estados Unidos, no caso, Real Salt Lake e Seattle Sounders, respectivamente.

Na Liga dos Campeões da Concacaf, em caso de mesmo número de pontos e saldo de gols nos dois jogos, o campeão será aquele que tiver marcado o maior número de gols fora de casa. Se persistir a igualdade neste quesito, será realizada prorrogação.

Se o tempo extra também ficar empatada, com ou sem gols anotados, o confronto irá para as cobranças de pênaltis.



Prováveis escalações:.

Tigres: Guzmán; Jiménez, Juninho, Ayala e Nilo; Damm, Pizarro e Briseño; Aquino, Rafael Sóbis e Gignac. Técnico: Ricardo Ferretti.

América: González; Paul Aguilar (ou Burón), Goltz, Pablo Aguilar e Samudio; Sambueza, Martínez, Guerrero e Andrade; Peralta e Benedetto. Técnico: Ignacio Ambriz.

Árbitro: não divulgado.

Estádio Universitário, em San Nicolás de los Garza (México).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo