Topo

Esporte

Susie Wolff defende Ecclestone por comentários sexistas

20/04/2016 16h39

Londres, 20 abr (EFE).- A ex-piloto britânica Susie Wolff, reserva da Williams até a temporada passada, defendeu o chefe da Fórmula 1, Bernie Ecclestone, após os comentários controversos feitos pelo dirigente sobre a capacidade das mulheres de dirigir um carro da categoria.

"Após ouvir os comentários de Bernie no contexto e conversar com ele hoje, está claro que nós dois temos o mesmo objetivo de ter uma mulher como piloto na Fórmula 1. Ao longo dos meus anos no automobilismo, ele apoiou minha missão de tentar estar no grid de largada", escreveu Susie em sua conta no Twitter.

Susie, de 33 anos, casada com o diretor-executivo da Mercedes, Toto Wolff, anunciou a aposentadoria no fim do ano passado, depois de ter sido piloto de desenvolvimento da Williams.

Ecclestone, de 85 anos, causou polêmica no Reino Unido ao afirmar que as mulheres "não seriam fisicamente capazes de dirigir um carro de Fórmula 1 rápido" e que não as levaria a sério no esporte.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte