Esporte

Com belo gol e retranca eficiente, Atlético vence o Bayern por 1 a 0 em Madri

27/04/2016 17h56

Madri, 27 abr (EFE).- Com um gol logo nos primeiros minutos de partida e uma retranca que se mostrou eficiente, principalmente no segundo tempo, o Atlético de Madrid saiu em vantagem no duelo com o Bayern de Munique pelas semifinais da Liga dos Campeões ao vencer a partida de ida, nesta quarta-feira, por 1 a 0 no estádio Vicente Calderón, na capital espanhola.

O futebol do Atlético não foi vistoso, mas a entrega na marcação acabou sendo premiada junto com o talento individual de Saúl, que balançou a rede aos dez minutos do primeiro tempo depois de bonita jogada individual e chute preciso.

Depois disso, o Bayern "martelou" bastante, com um total de 19 chutes a gol e 70% de posse de bola, mas parou no "muro" montado por Diego Simeone e não conseguiu o empate.

Com o resultado, a equipe 'rojiblanca' jogará o confronto de volta na próxima terça, em Munique, por um empate ou até podendo perder por um gol de diferença, desde que balance a rede. Já o pentacampeão europeu precisará devolver o placar de 1 a 0 para levar a definição à prorrogação ou fazer dois ou mais gols de vantagem para ir à final, que será disputada no dia 28 de maio, em Milão.

O único desfalque do Atlético foi o defensor e capitão do time Diego Godín, que ainda se recupera de uma lesão muscular na coxa direita. Com isso, a dupla de zaga foi formada por Giménez e Savic, que levou a melhor na disputa com Hernández.

No Bayern, Josep Guardiola não contou com o zagueiro Boateng, que até se recuperou de uma contusão no ombro, mas ainda não tem ritmo de jogo. Além disso, o atacante Arjen Robben está entregue ao departamento médico.

Os 'Colchoneros' começaram o duelo marcando em cima e levando mais perigo. Logo aos sete minutos, Fernando Torres desceu pela direita em velocidade, levou pelo meio e, dentro da área, chutou sem muita força, facilitando o trabalho do goleiro Neuer.

A marcação do time bávaro era frouxa, e o time 'rojiblanco' se aproveitou para abrir o placar aos dez. Saúl arrancou do meio para a direita, passou por três defensores, cortou Alaba dentro da área e chutou colocado. A bola ainda bateu na trave antes de entrar.

O Bayern respondeu dois minutos depois, em descida de Douglas Costa pela esquerda. O brasileiro cruzou rasteiro, e Giménez errou feio no corte. Na sobra, a bola voltou para a pequena área após toque de Coman, e o zagueiro uruguaio conseguiu consertar.

Apesar de ser uma equipe que se destaca pelo coletivo, o Atlético vinha tendo sucesso também nos lances individuais. Aos 15, Filipe Luis arrancou pela esquerda e foi para o meio na intermediária de ataque depois de bonita caneta, mas no momento de acionar Griezmann acabou sendo desarmado.

Tentando se mostrar vivo no jogo, o tricampeão alemão incomodou em cobrança de falta pela ponta direita, aos 24. Douglas Costa surpreendeu com um chute direto e acertou a rede, mas pelo lado de fora.

O lance foi isolado. O 'Atleti' continuou dominando, e Neuer teve de trabalhar aos 29 minutos. Griezmann arrancou pela direita, ganhou de Alaba na velocidade e bateu rasteiro. O Luva de Ouro da Copa do Mundo de 2014 defendeu com o pé esquerdo.

Aos 38, o Bayern teve mais uma chance na bola parada. Desta vez quem foi para a cobrança foi Thiago Alcântara, que chutou com categoria. Bem posicionado, Oblak pegou firme. Ainda antes do intervalo, aos 43, Saúl fez fila mais uma vez e levantou buscando Koke, mas Javi Martínez se antecipou e afastou.

Na volta do intervalo, a equipe bávara foi mais incisiva em suas ações ofensivas, e o Atlético foi recuando. Aos oito minutos, Alaba encheu o pé de fora da área, a bola bateu no travessão, no chão e não entrou.

O Bayern tem repertório vasto. Dá trabalho em chutes de fora, em trocas de passe, em lances individuais e na bola parada. Aos 11 minutos, Douglas Costa cobrou escanteio, Javi Martínez cabeceou sozinho e Oblak saltou para defender firme no canto.

Com atuação discreta até então, Lewandowski enfim deu o ar da graça aos 18. O centroavante girou para cima de Savic e arrematou cruzado. O goleiro desviou levemente, e a defesa completou o trabalho.

Na sequência, aos 24, Gabi deu um susto na torcida 'colchonera' com um golpe de vista estranho. Depois de lançamento do meio de campo, o volante não afastou de cabeça, e Douglas Costa ficou sozinho com a sobra. O brasileiro tentou por cobertura, mas exagerou na força e cedeu tiro de meta.

O Atlético estava se armando para acertar um contra-ataque, que enfim aconteceu aos 29. Fernando Torres desceu pela direita, deu corte seco em Alaba dentro da área e chutou de trivela. A bola caprichosamente beijou a trave e não entrou.

Passado o susto, o time visitante voltou a assustar aos 35. Douglas Costa foi driblando pela direita e levantou para Lewandowski, que ajeitou. Alaba, agora como lateral com a entrada de Benatia, encobriu a meta.

A pressão dos visitantes durou até o último instante, mas os donos da casa resistiram. Aos 47 minutos, Ribéy fez o chuveirinho e Benatia, livre, cabeceou nas mãos de Oblak. Um minuto depois, Vidal pegou a sobra no bico da área e, mesmo com espaço, chutou mascado e também praticamente recuou para o arqueiro esloveno.



Ficha técnica:.

Atlético de Madrid: Oblak; Juanfran, Giménez, Savic e Filipe Luis; Gabi, Fernández, Saúl (Partey) e Koke; Griezmann e Torres. Técnico: Diego Simeone.

Bayern de Munique: Neuer; Lahm, Javi Martínez, Alaba e Bernat (Benatia); Alonso, Vidal e Thiago Alcântara (Müller); Douglas Costa, Coman (Ribéry) e Lewandowski. Técnico: Josep Guardiola.

Árbitro: Mark Clattenburg (Inglaterra), auxiliado pelos compatriotas Simon Beck e Jake Collin.

Cartões amarelos: Saúl (Atlético de Madrid); Douglas Costa, Benatia, Neuer e Vidal (Bayern de Munique).

Gol: Saúl (Atlético de Madrid).

Estádio: Vicente Calderón, em Madri.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo