Esporte

Para reduzir violência no futebol, Colômbia vai fichar 250 mil torcedores

03/05/2016 14h19

Bogotá, 3 mai (EFE).- O governo da Colômbia vai registrar os dados de 250 mil torcedores de futebol nas cidades de Bogotá, Medellín, Cali, Barranquilla e Manizales como parte de uma série de medidas para reduzir a violência associada ao esporte.

A identificação destes torcedores em estádios através de carteiras e sistemas biométricos começará a partir de 1º de setembro em fase de testes. A ideia é fazer com que em fevereiro de 2017 ela esteja disponível em todo o país, segundo um comunicado do Ministério do Interior.

A decisão foi tomada na Comissão de Convivência no Futebol, presidida pelo ministro do Interior, Juan Fernando Cristo, e na qual estiveram o prefeito de Cali, os secretários de Segurança de Medellín e Bogotá e os presidentes da Divisão Maior do Futebol (Dimayor) e a Federação Colombiana de Futebol (FCF).

"Não podemos estar falando de paz e presenciar fatos tão lamentáveis e condenaveis como os ocorridos nas últimas semanas", afirmou Cristo.

Nos últimos dias, em jogos pela Taça Libertadores, torcedores do Deportivo Cali e do Nacional de Medellin protagonizaram distúrbios em Buenos Aires e Lima.

Além disso, no Campeonato Colombiano, um grupo de torcedores do Milionarios também provocou destruição no estádio do Once Caldas, em Manizales, e atacou pessoas alheias ao futebol nos arredores.

Na última quinta-feira, o jogador do Atlético Bucaramanga Diego Echeverri também foi atacado por torcedores de sua equipe após ela empatar com o Deportivo Cali.

Como parte das medidas tomadas pelo governo, também serão instaladas câmeras que permitem a identificação facial nos estádios, serão aplicadas sanções financeiras e de cidadania.

Além disso, as autoridades vão divulgar uma lista de responsáveis por atos de vandalismo nos estádios esportivos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo