Esporte

"Senhor Liga Europa", Sevilla encara o Shakhtar por vaga na 3ª final seguida

04/05/2016 18h21

Sevilha/Moscou, 4 mai (EFE).- Maior campeão da história da Liga Europa e suas precursoras, com quatro conquistas, e vencedor das duas últimas edições do torneio, o Sevilla está próximo de ir à final pela terceira vez seguida, mas para isso precisará passar pelo Shakhtar Donetsk nesta quinta-feira em casa, no estádio Ramón Sánchez Pizjuán.

A equipe da Andaluzia deu um grande passo rumo à decisão do próximo dia 18, na Basileia, ao empatar com o Shakhtar em 2 a 2 em Lviv, na Ucrânia, na semana passada. Dessa forma, o time ucraniano precisará de uma igualdade em dois ou mais gols ou da vitória na cidade de Sevilha para avançar.

Para o time de Donetsk, a classificação também não seria inédita. O representante ucraniano foi campeão na temporada 2008/2009, último ano em que a competição foi chamada de Copa da Uefa. Na ocasião, o Shakhtar bateu o Werder Bremen na prorrogação em Istambul. O atacante Luiz Adriano e o meia Jadson marcaram os gols do título, enquanto o zagueiro Naldo fez para os alemães.

Os brasileiros perderam espaço na equipe comandada pelo romeno Mircea Lucescu, mas ainda têm algum destaque. No jogo de ida, o meia Marlos fez o primeiro gol. O ex-jogador de Curitiba e São Paulo deverá ser titular nesta quinta, assim como o lateral Ismaily e o atacante Taison.

Já os meias Wellington Nem e Bernard provavelmente ficarão no banco, assim como o atacante naturalizado croata Eduardo da Silva, enquanto o lateral Márcio Azevedo e o atacante Dentinho, machucado, além do volante Fred, suspenso, serão desfalques. Outro atacante contundido é Olexandr Gladkiy.

No Sevilla, o único brasileiro é o lateral Mariano, que será titular na direita nesta quinta. Na esquerda, Unai Emery provavelmente optará por Escudero, terceira opção, já que Kolodziejczak e Tremoulinas não estão 100% fisicamente.

Os meio-campistas Reyes, que teve crise aguda de apendicite, e Krohn-Dehli, que sofreu ruptura e deslocamento da patela do joelho esquerdo na Ucrânia, e Kolodziejczak, que no domingo levou uma pancada na cabeça, também não estão à disposição.

Os times têm em comum o fato de terem chegado à Liga Europa depois de ficarem em terceiro lugar em suas chaves na Liga dos Campeões. O Shakhtar foi eliminado por Real Madrid e Paris Saint-Germain, e o Sevilla ficou atrás de Manchester City e Juventus.



Prováveis escalações:

Sevilla: Soria; Mariano, Rami, Carriço e Escudero; N'Zonzi e Krychowiak; Vitolo, Banega e Konoplyanka; Gameiro. Técnico: Unai Emery.

Shakhtar Donetsk: Pyatov; Srna, Kucher, Rakitskiy e Ismaily; Stepanenko, Marlos, Kovalenko (ou Bernard) e Taison; Malyshev e Ferreyra. Técnico: Mircea Lucescu.

Árbitro: Bjorn Kuipers (Holanda), auxiliado pelos compatriotas Sander van Roekel e Erwin Zeinstra.

Estádio: Ramón Sánchez Pizjuán, em Sevilha (Espanha).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo