Esporte

Comitê de Ética bane ex-dirigentes da Fifa do futebol

06/05/2016 11h13

Madri, 6 mai (EFE).- O Comitê de Ética da Fifa baniu de qualquer atividade relacionada com o futebol, tanto em nível nacional como internacional, o chileno Sergio Jadue e o colombiano Luis Bedoya, ex-dirigentes da entidade.

Além de ter integrado a Comissão das Associações da Fifa, Jadue foi vice-presidente da Conmebol e presidente da Associação de Futebol do Chile. Bedoya, por sua vez, foi membro do Comitê Executivo da Fifa, vice-presidente da Conmebol e presidente da Associação de Futebol da Colômbia. Ambos eram acusados de conspiração por crime organizado e fraude eletrônica.

O Comitê de Ética, presidido pelo alemão Hans-Joachim Eckert, determinou, após a relatoria do caso, feita pelo suíço Cornell Borbély, a culpabilidade de Jadue e Bedoya por aceitarem propinas de empresas de marketing esportivo relacionadas com a concessão dos direitos de comercialização da Taça Libertadores e da edição deste ano da Copa América.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo