Esporte

Martino nega preocupação com jejum e promete Argentina brigando por título

09/05/2016 12h53

Buenos Aires, 9 mai (EFE).- Sem conquistar um título desde 1993, a Argentina está preparada para quebrar o jejum e levantar a taça da Copa América deste ano, que acontecerá de 3 a 26 de junho nos Estados Unidos, pelo menos na visão do técnico da seleção bicampeã do mundo, Gerardo Martino.

Em entrevista concedida à Agencia Efe nesta segunda-feira, o treinador garantiu não se preocupar com o tabu nem mesmo com as duas finais perdidas pela 'Albiceleste' recentemente, na própria Copa América, no ano passado, e na Copa do Mundo de 2018.

"Meu termômetro são os jogadores, e em nenhum momento o que acontece fora de campo. E esse termômetro me diz que continuamos num bom caminho, tentando melhorar e ser competitivo. Nossa expectativa é grande com uma competição tão importante pela frente como é a Copa América", disse 'Tata' Martino à Efe, em entrevista realizada na sede da Associação do Futebol Argentino (AFA), em Ezeiza.

Segundo o ex-técnico do Paraguai e do Barcelona, a seleção argentina tem brigar pelo título sempre, independentemente do jejum. A 'Albiceleste' conquistou o ouro olímpico em 2004 e 2008, mas não obtém títulos com a equipe principal desde 1993.

"Temos de lutar por ester torneio da mesma forma como a seleção argentina tem de lutar em cada competição que participa. Nosso foco precisa ser sempre o título, porque se não vencemos aparece o outro termômetro, que é o dos jornalistas, e é o que temos de suportar ao longo de todo um caminho", declarou.

"O termômetro de dentro é nosso, e provavelmente apenas nós o conhecemos. As resoluções que precisam ser adotadas sempre ficam na intimidade, mas temos de nos expor ao de fora, e esse não somos nós quem manejamos nem resolvemos", acrescentou.

No ano passado, no Chile, a Argentina foi até a final, mas perdeu para os donos da casa nos pênaltis, após empate em 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação. O treinador descartou qualquer sentimento de revanche para a nova edição do torneio continental, mesmo enfrentando 'La Roja' logo na estreia.

"Não acredito que esta Copa América seja uma revanche. Não conseguir a consagração no Chile já passou, e esta é uma história diferente. Estou, como todo o grupo e os jogadores, esperançoso porque vemos uma nova oportunidade para poder competir e tentar conseguir um título", destacou.

'Tata' Martino falou também sobre o momento atual do Barcelona, do qual foi técnico na temporada 2013/2014 e considerou injusto que se avalie o desempenho de uma equipe com base apenas nos resultados obtidos.

"O futebol passa por transformações, e o que pensávamos há 40 dias muda permanentemente, sobretudo naquelas instituições onde um ano é definido em 20 dias. Por ter passado pelo Barcelona, eu o conheço, e a análise de dez meses de trabalho é feita em nos 25 dias nos quais são disputadas duas ou três finais", analisou.

O Barça foi eliminado pelo Atlético de Madrid nas quartas de final da Liga dos Campeões, mas lidera o Campeonato Espanhol com um ponto de vantagem para o Real Madrid, a uma rodada do fim, e ainda disputará a final da Copa do Rei, diante do Sevilla.

"No caso de Lionel (Messi) e Javier (Mascherano), certamente superada a eliminação da 'Champions', eles têm dois grandes desafios pela frente que é a final da Copa do Rei e a definição do título do Campeonato Espanhol, onde tudo continua dependendo do Barcelona. Sempre esperamos que as coisas saiam bem e que terminem arredondando uma boa temporada", completou o técnico, falando sobre os dois jogadores do Barça que integram a seleção argentina.

Por fim, Martino "comemorou" a ausência do time catalão da final da Liga dos Campeões, já que, com isso, poderá contar com Messi, seu principal jogador, mais cedo.

"Nesta oportunidade vamos ter Lionel um pouco antes que na Copa América do Chile no ano passado. Se este período já é curto, a edição anterior foi pior", lembrou.

A seleção argentina integrará o grupo D da Copa América Centenário, junto com Bolívia, Panamá e o próprio Chile, adversário da estreia, em 6 de junho.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo