Esporte

Trio brasileiro é chave do sucesso de time multicampeão na Espanha

10/05/2016 12h47

Tito Sánchez Núñez.

Almería (Espanha), 10 mai (EFE).- O Unicaja Almería se tornou por direito próprio o melhor clube da história do vôlei na Espanha após ter vencido na última temporada a Superliga, a Copa do Rei e a Supercopa, um 'triplete' histórico que teve como destaque o trio brasileiro formado pelo oposto Marcilio Braga, o ponteiro Guilherme Hage e o central Moisés Cézar.

Marcilio e Guilherme foram os líderes em pontos, e o primeiro ainda foi o maior pontuador da Superliga. Moisés, por sua vez, foi o melhor bloqueador do campeonato, embora uma lesão tenha tirado-o da final.

Essa situação foi inédita para o central, como ele mesmo revelou em entrevista concedida à Agência Efe pelos três jogadores em conjunto. "Queria estar em quadra, mas não podia. Fiquei com uma sensação de impotência", descreveu Moisés.

O Unicaja Almería encarou o CAI Teruel na decisão e teve de virar o placar na quarta partida para igualar a melhor de cinco em 2 a 2 e fechar a série no jogo decisivo, em que levou a melhor por 3 sets a 0 em casa, na última quinta-feira.

"Quando você está jogando, só pensa em vencer", disse Guilerme, que acrescentou que os almerienses começaram a acreditar no título no terceiro set da quarta partida.

Na ocasião, o Teruel venceu as duas primeiras parciais com certa facilidade, por 25-17 e 25-15, e saiu na frente na terceira. Entretanto, o Unicaja Almería reagiu, fechou em 26-24 e partiu para um triunfo por 3 a 2.

Para o ponteiro, obter o troféu representou a retirada de um espinho cravado há duas temporadas, quanto o Almería foi derrotado justamente pelo Teruel no quinto jogo da decisão da Superliga. "Eu tinha de sair de Almería vencendo a liga sim ou sim", confessou Guilherme, que marcou o ponto do título com um bloqueio.

"Aconteceu muito rápido, mas quando você vê que a bola está perto de tocar o chão, primeiro pensa que vai vencer a liga e depois que ganhou também a Copa e a Supercopa e que está fazendo algo histórico", vibrou.

Marcilio, por sua vez, destacou o caráter histórico das conquistas e a satisfação por atuar pelo Almería. "É um clube com uma história muito grande. Estamos todos muito contentes e honrados por estar jogando aqui, pelo trabalho realizado e pelos títulos. É um privilégio jogar aqui e um sonho o que vivemos", descreveu.

O oposto se destacou não só pela atuação durante as partidas, mas por ter pedido a namorada, Aline, em casamento ainda dentro de quadra após o quinto duelo. "Tinha os anéis desde o começo da temporada e estava esperando o melhor momento para pedir que uma pessoa especial se casasse comigo. E esse momento veio", relatou.

Os três atletas manifestaram o desejo de continuar defendendo a equipe espanhola, mas ressaltaram que neste momento só pensam em voltar para o Brasil e acompanhar os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

"O torneio de vôlei (dos Jogos) será muito concorrido, o nível das seleções subiu muito", comentaram os jogadores, que declararam torcer pela seleção anfitriã.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo