Esporte

West Ham pede desculpas por depredação de ônibus do Manchester United

11/05/2016 13h57

Londres, 11 mai (EFE).- O empresário britânico David Sullivan, um dos proprietários do West Ham, se desculpou nesta quarta-feira com o Manchester United pelos incidentes provocados por torcedores que na noite de terça-feira apedrejaram o ônibus dos 'Diabos Vermelhos' na chegada ao estádio de Upton Park.

As pedras e garrafas de vidro lançadas quebraram alguns vidros do ônibus da equipe visitante, o que resultou o atraso de 45 minutos do início da partida.

"A família do West Ham celebrou com nossas lendas e antigos jogadores uma espetacular cerimônia na qual dissemos adeus à qual foi nossa casa os últimos 112 anos. Infelizmente, as ações de uma minoria nos arredores do estádio antes do jogo estiveram perto de amargar as celebrações. Quero deixar claro que a atitude foi completamente inaceitável e que não representa nosso clube e nossos valores", disse o dirigente.

A vitória por 3 a 2 sobre o Manchester United na terça-feira foi a última partida do West Ham no estádio de Upton Park, que fechará as portas após 112 anos. A equipe passará a disputar os jogos como mandante no Estádio Olímpico a partir da próxima temporada.

"Quando me perguntaram antes do jogo sobre o incidente eu não estava sabendo dos danos sofridos pelo ônibus do Manchester United. Quero pedir perdão ao Manchester United pelos danos causados e assegurar ao clube que faremos todo o possível para localizar os responsáveis e proibí-los de ir ao estádio pelo resto da vida", comentou.

Além das medidas a serem tomadas pelo West Ham, a Federação Inglesa de Futebol (FA) informou nesta quarta-feira que investigará os incidente.

"A FA condena os desagradáveis incidentes registrados nas imediações de Boleyn Ground. Trabalharemos com ambos os clubes e com a Polícia Metropolitana de Londres (MET) para investigar a fundo", declarou a entidade.

A polícia confirmou que quatro agentes sofreram ferimentos leves durante os incidentes fora e dentro do estádio e que três pessoas foram detidas.

"Três homens foram detidos durante a partida: um homem de 20 anos sob a suspeita de ter iniciado uma briga e dois de 57 e 18 anos por terem entrado em campo. Todos foram levados a uma delegacia do leste de Londres para serem interrogados", informou a polícia em comunicado.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo