Esporte

Westbrook e Durant deixam Thunder a uma vitória das finais no Oeste

11/05/2016 01h32

San Antonio (EUA), 10 mai (EFE).- A combinação entre o armador Russell Westbrook e o ala Kevin Durant foi fundamental para a vitória do Oklahoma City Thunder nesta terça-feira, fora de casa, por 95 a 91, sobre o San Antonio Spurs, no jogo 5 da série de melhor de sete das semifinais da Conferência Oeste.

Westbrook brilhou ao liderar todas as facetas do jogo do Thunder, ficando a apenas uma assistência de um triple-double, após anotar 35 pontos, 11 rebotes (sete defensivos) e nove assistências.

Já Durant contribuiu com 23 pontos, seis rebotes e cinco assistências para deixar o Thunder em vantagem na série (3 a 2) e com chances de garantir a classificação para as finais de conferência no próximo duelo, que acontece na quinta-feira, na Chesapeake Energy Arena, em Oklahoma City.

Ao lado de Westbrook e Durant, o pivô neozelandês Steven Adams voltou a surgir como fator surpresa e foi o principal nome da equipe no garrafão, ao conseguir um double-double de 12 pontos e 11 rebotes. Assim como no último jogo em San Antonio, Adams ganhou novamente o duelo individual com o veterano Tim Duncan, que teve até agora sua pior produção como profissional em uma série de playoff.

Esta foi a segunda vitória consecutiva do time de Oklahoma City no AT&T Center, onde os Spurs perderam apenas uma partida, contra o atual campeão Golden State Warriors, durante a temporada regular.

Em mais um duelo bastante equilibrado, os Spurs chegaram a abrir 13 pontos de vantagem no terceiro quarto, mas permitiram a reação do OKC, que voltou a encostar no placar no início da última parcial.

A vitória dos visitantes veio em uma jogada de três pontos de Westbrook, a 6,3 segundos do fim, depois que a defesa texana tentou pará-lo com falta, mas não conseguiu impedir sua infiltração, e o vigoroso armador conseguiu os dois pontos na bandeja, e ainda converteu mais um ponto na linha de lance livre para garantir a vitória da equipe de Oklahoma City.

O ala Kawhi Leonard, com 26 pontos, seis rebotes, quatro assistências e cinco roubadas de bola, foi o principal nome dos Spurs, mas, assim como seus companheiros, não conseguiu desta vez os pontos decisivos na reta final do tempo regulamentar.

O ala-pivô LaMarcus Aldridge foi o segundo cestinha da equipe com 20 pontos, além de nove rebotes e três assistências, enquanto o ala-armador Danny Green também anotou 20 pontos, após converter sete de dez arremessos de quadra, com direito a seis bolas de três.

Já os veteranos do 'Big Three' texano estiveram apagados. O armador francês Tony Parker foi o melhor deles, com nove pontos, cinco assistências e quatro rebotes, enquanto Duncan chegou a cinco pontos e três rebotes e o argentino Manu Ginóbili terminou a partida com três pontos, dois rebotes e duas assistências.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo