Esporte

Nenê garante ter superado drama de Londres e que chegará 100% ao Rio

17/05/2016 14h16

Bruno Guedes.

Rio de Janeiro, 17 mai (EFE).- O pivô Nenê, do Washington Wizards e da seleção brasileira, garantiu nesta terça-feira que está 100% fisicamente para a disputa dos Jogos Olímpicos e deixou para trás o problema sofrido quatro anos atrás e que o fez viver momentos dramáticos.

"Em Londres, praticamente, estava jogando com um pé só, por causa da fascite plantar. Estava em um nível extremo, tanto que perdi a sensibilidade da pisada, mas hoje é outro Nenê. Me tratei, não tive problema nenhum na temporada", contou o ex-jogador do Vasco.

Nesta temporada, Nenê fez 57 jogos da temporada regular com os Wizards, que não avançaram aos playoffs, integrando 11 vezes o quinteto inicial. Segundo o pivô, no momento, ele está pronto para começar a preparação para os Jogos.

"O problema de lesões faz parte do meu ofício, mas posso dizer de hoje, visando o futuro, que estou muito bem. O tempo que vou jogar e todo o planejamento, deixo na mão do Ruben (Magnano)", disse o brasileiro, se referindo ao técnico da seleção.

Nenê aproveitou para comentar a ausência do também pivô Tiago Splitter, do Atlanta Hawks, que perdeu a temporada da NBA por causa de problema no quadril, que o levou à mesa de cirugia em fevereiro deste ano.

"Nós perdemos muito, porque foi um jogador muito importante nas nossas conquistas. É um amigo, um jogador de qualidade, que nos fará falta. Mas é uma chance que os mais novos poderão pegar essa oportunidade", disse o jogador dos Wizards, evitando citar nomes.

Sobre Anderson Varejão, que deixou o Cleveland Cavaliers e acertou com o Golden State Warriors durante a atual temporada, mas que continua tendo poucos minutos de quadra, Nenê garantiu que isso não se trata de uma preocupação, por causa do empenho do companheiro.

"Ele chegou em outro time, com outro esquema, e eu acho que foi mais uma preferência do treinador, porque é um baita jogador, confio muito no trabalho dele. Ele chegará preparado, como todos nós, para jogarmos o nosso melhor", avaliou.

O torneio olímpico no Rio, como Nenê destacou, será a terceira grande competição do Brasil com elenco completo, ou seja, com todos os jogadores da NBA à disposição. Para o pivô, com o reforço do "sexto homem", que será o torcedor, será possível subir ao pódio.

"Sabemos que temos total capacidade de buscar uma medalha. Se a gente focar, treinar certinho, visando um ótimo resultado, isso irá surgir naturalmente, mas nós temos que merecer", concluiu o pivô. EFE

bg/id

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo