Esporte

Dirigente do Barcelona lamenta veto a bandeiras da Catalunha em decisão

19/05/2016 13h00

Barcelona (Espanha), 19 mai (EFE).- Carles Vilarrubí, vice-presidente institucional do Barcelona, lamentou nesta quinta-feira a decisão de que serão proibidas bandeiras independentistas catalãs no estádio Vicente Calderón, em Madri, no domingo, na final da Copa do Rei da Espanha, contra o Sevilla.

"Cria um elemento de polêmica a 72 duas horas do jogo que é absolutamente desnecessário", lamentou o dirigente, em resposta a medida tomada pelo governo espanhol, que terá respaldo da polícia.

Ontem, a direção do clube catalão já havia emitido comunicado apontando que considerava a decisão, que segundo as autoridades, é respaldada pela Lei do Esporte do país, "um desacerto de absoluto".

De acordo com Vilarrubí, quando se veta a entrada de um torcedor com uma bandeira regional, "só se pode entender que a chave da discussão não é esportiva, mas sim, política", e que o clube precisa defender o direito individual dos 'blaugranas'.

A Agência Efe apurou junto a fontes do clube, que a diretoria ainda não decidiu que medida será tomada como resposta à decisão do governo, a qual não cabe recurso.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo