Esporte

CSKA Moscou vence Rubin e é campeão russo; Dínamo é rebaixado pela 1ª vez

21/05/2016 10h19

Moscou, 21 mai (EFE).- O CSKA Moscou conquistou neste sábado seu sexto título do Campeonato Russo (pós era-soviética) ao derrotar o Rubin Kazan por 1 a 0 na última rodada, marcada ainda pelo inédito rebaixamento do tradicional Dínamo de Moscou.

O gol da vitória do CSKA foi marcado por Alan Dzagoev aos 19 minutos do primeiro tempo. O lateral brasileiro Mário Fernandes, ex-Grêmio, foi titular da equipe fundada pelo exército russo.

Este é o terceiro título da equipe sob o comando de Leonid Slutski, que assumiu o cargo em 2009 e, nesta temporada, teve que se dividir entre o CSKA e o posto de técnico da Rússia, seleção à qual classificou para a Eurocopa.

Faltando cinco minutos para o apito final, o goleiro Igor Akinfeev fez duas grandes defesas, uma delas à queima-roupa, que evitaram que o Rubin chegasse ao empate.

Porém, mesmo se a bola tivesse entrado, não seria suficiente para tirar o título do CSKA, o que só aconteceria se o time tivesse perdido. Isso porque o segundo colocado Rostov, que ganhou do Terek Grozny fora de casa por 2 a 0, chegou a 63 pontos, dois a menos que o novo campeão, mas não o ultrapassaria no saldo de gols.

Por sinal, o modesto Rostov fez uma bela campanha que culminou com um surpreendente vice-campeonato e quase conseguiu um feito comparável ao do Leicester City na Inglaterra, já que, com exceção do CSKA, superou clubes muito mais tradicionais e com orçamentos superiores.

Com o segundo lugar, o Rostov conseguiu se classificar para a fase preliminar da Liga dos Campeões e relegou o terceiro colocado Zenit à Liga Europa - torneio para o qual também garantiram vagas Krasnodar e Spartak Moscou.

Já o peso-pesado Dínamo de Moscou teve desfecho triste nesta temporada. A equipe, que nunca foi campeã nacional russa (apenas conqusitou a Copa da Rússia em 1995), mas conquistou 11 títulos do Campeonato Soviético - só menos que Dínamo de Kiev e Spartak, com 13 e 12 -, foi rebaixada pela primeira vez em sua história.

O Dínamo perdeu para o Zenit por 3 a 0, em casa, e ficou em 15º e penúltimo lugar, com 25 pontos, à frente somente do lanterna Mordovia Saransk (24). Se tivesse ficado uma posição acima, na qual terminou o Kuban, com 26 pontos, teria ao menos disputado um playoff contra o terceiro colocado da segunda divisão como última chance de evitar a queda.

O artilheiro do Campeonato Russo, com 20 gols, foi Fiodor Smolov, do Krasnodar, seguido pelo holandês Quincy Promes, do Spartak, com 18, e o brasileiro Hulk, do Zenit, com 17.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo