Esporte

Marcelo admite raiva por reserva na final da Liga dos Campeões de 2014

Curto De La Torre/AFP Photo
Imagem: Curto De La Torre/AFP Photo

24/05/2016 12h46

Madri, 24 mai (EFE).- O lateral-esquerdo Marcelo, do Real Madrid, lembrou nesta terça-feira da decisão da Liga dos Campeões da Europa de dois anos atrás, contra o Atlético de Madrid, em que só entrou em campo aos 14 minutos do segundo tempo.

"Eu não estava zangado por não ser titular, já que no Real, no fim das contas, somos todos importantes. Me dava raiva não poder ajudar o time", afirmou o brasileiro.

Na final de 2014, também contra os 'colchoneros', o italiano Carlo Ancelotti optou por utilizar o português Fábio Coentrão na lateral. Marcelo entrou na etapa final e foi fundamental para a conquista do título, inclusive marcando um gol na prorrogação.

"Desde então, muita coisa mudou. Pessoalmente, aprendi muito e acho que melhorei", avaliou o defensor.

O brasileiro garantiu que Cristiano Ronaldo estará presente na decisão, e aproveitou para avaliar o Atlético de Madrid, que mais uma vez está entre o Real Madrid e o título continental, que será o 11º da história do clube.

"Se os dois estão na final, é por algum motivo. Nós fizemos uma bom final de temporada e merecemos. Já o Atlético é um rival que cria muita dificuldade e é muito difícil de ser derrotado", garantiu Marcelo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo