Esporte

FUTEBOL LIGA DOS CAMPEÕES

26/05/2016 14h03

Por ocasião da disputa da final da Liga dos Campeões, entre Real Madrid e Atlético de Madrid, neste sábado, em Milão, a Agência Efe envia hoje uma série especial de matérias com os seguintes conteúdos:.



2014 a 2016: Um Real Madrid sob novo comando e um Atlético de Madrid com ataque renovado são as grandes diferenças dos finalistas das Liga dos Campeões da Europa, em que os principais ídolos estarão em campo em Milão neste ano, depois de também terem atuado na decisão de Lisboa, em 2014. Por Miguel Ángel Moreno.



CAMPANHA REAL MADRID: O Real Madrid chegou à final da Liga dos Campeões sem maiores problemas, com uma campanha sólida desde a fase de grupos, em que relegou o Paris Saint-Germain à segunda colocação, e cruzamentos acessíveis diante de Roma, Wolfsburg e Manchester City.



CAMPANHA ATLÉTICO DE MADRID: Em busca de um título inédito, o Atlético de Madrid é finalista da Liga dos Campeões pela terceira vez na história e obteve essa condição de uma maneira sofrida, com direito a disputa de pênaltis nas oitavas, contra o PSV Eindhoven e penalidade desperdiçada nos últimos instantes nas semifinais, diante do Bayern de Munique.



CLÁSSICOS: Real Madrid e Atlético de Madrid se enfrentarão neste sábado na final da Liga dos Campeões da Europa, dois anos depois de decisão disputada em Lisboa, e desde aquele confronto o time então derrotado tem vantagem nos confrontos, mas tendo sofrido a única derrota, justamente na competição continental.



NÚMEROS: As estatísticas dos finalistas da atual edição da Liga dos Campeões da Europa mostram o Real Madrid melhor em quase todas os quesitos, principalmente ofensivos, enquanto o Atlético de Madrid lidera com folga na média de quilômetros percorridos durante as partidas.



CASEMIRO: A incorporação de Casemiro no time titular do Real Madrid conseguiu estabilizar a equipe de Zinedine Zidane, resguardada pelo meio-campo brasileiro para tentar conquistar, em Milão, sua 11ª Liga dos Campeões. Por Santiago Aparicio.



TÉCNICOS: Poucos metros de distância separarão mais uma vez Diego Simeone e Zinedine Zidane sobre o gramado do estádio de São Siro, palco escolhido pelo destino para o reencontro em uma competição continental, dois anos depois do título conquistado pelo Real Madrid em Lisboa com uma vitória sobre o Atlético de Madrid. Por Santiago Aparicio.



SEDE: Milão, na Itália, receberá neste sábado, pela quarta vez uma final do principal torneio de futebol do Velho Continente, em que estarão em campo dois times de Madri, cidade que se tornará a maior campeã da história, superando justamente a anfitriã desta disputa de títulos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo