Esporte

Rafael Nadal abandona disputa de Roland Garros por problemas físicos

27/05/2016 13h19

Paris, 27 mai (EFE).- O espanhol Rafael Nadal anunciou nesta sexta-feira que desistirá de participar do torneio de Roland Garros, segundo Grand Slam do ano, em que já estava classificado para a terceira rodada, por causa de um problema no punho esquerdo.

"Tenho que me retirar por causa de um problema no punho, que venho sentindo há alguns dias e que precisarei de mais alguns para me recuperar", disse o tenista, em entrevista coletiva concedida em Paris.

Visivelmente abalado no contato com jornalistas, Nadal admitiu que pensava, em Roland Garros, em alcançar ao menos a decisão, mas que prefere abrir mão disso, para se recuperar fisicamente, visando o decorrer da temporada.

"Meu objetivo aqui era jogar mais cinco jogos, mas, já que me disseram que isso não será possível, não valeria a pena continuar", lamentou o quinto colocado do ranking da ATP.

O espanhol revelou que sentiu as primeiras dores no punho esquerdo durante o jogo com o português João Sousa, pelas quartas de final do Masters 1.000 de Madri. Desde então, passou a atuar com medicação anestésica no local, embora tenha aberto mão disso nas semis do Masters 1.000 de Roma, contra o sérvio Novak Djokovic.

Segundo Nadal, as dores aumentaram consideravelmente, desde o desembarque em Paris, para a disputa do Grand Slam no saibro da capital francesa.

"Assumi os riscos que podia assumir e um pouco mais, mas não dá para ir além. Muitas vezes fomos ao limite e isso me ajudou a jogar no limite, mas agora não me permite atuar e essa é a realidade", explicou o tenista.

Na coletiva, o espanhol mostrou otimismo por não mais sentir dores no joelho esquerdo, que o tiraram diversas vezes de quadra. A expectativa do atleta é voltar já nas próximas semanas aos treinos, com o punho esquerdo totalmente recuperado.

Nadal, que já havia passado pelo australiano Sam Groth e pelo argentino Facundo Bagnis, sem perder um set sequer, jogaria contra o compatriota Marcel Granollers, por um lugar nas oitavas de final da competição, que já venceu nove vezes na carreira.

Com a desistência, o tenista número 56 do mundo não precisará entrar em quadra amanhã e está automaticamente na próxima fase, esperando o vencedor do duelo entre o austríaco Dominic Thiem, 13º cabeça de chave, e o alemao Alexander Zverev.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo