Esporte

Sergio Ramos nega que possível derrota para Atlético seria "fracasso"

27/05/2016 18h22

Milão, 27 mai (EFE).- O zagueiro Sergio Ramos, do Real Madrid, negou que considere "um fracasso" para seu time uma eventual derrota para o Atlético de Madrid na final da Liga dos Campeões, que será disputada neste sábado, no estádio San Siro, em Milão.

"Não consideraria um fracasso perder um título, se não uma oportunidade perdida. Custou muito chegar na decisão e queremos desfrutar desta recompensa", afirmou o jogador durante entrevista coletiva oficial no estádio da decisão.

Ramos lembrou o caminho do Real Madrid até a final, dizendo estar cansado de ouvir que a trajetória do Atlético foi mais complicada. "Da mesma forma que para eles custou a vida chegar aqui, aconteceu a mesma coisa conosco. Parece que estamos sendo menos valorizados, mas nosso objetivo está traçado e estamos a um passo. Vamos dar a vida para tentar conquistar o título", afirmou.

O zagueiro evitou relembrar a decisão de dois anos atrás, em Lisboa, não para tirar o foco do jogo deste sábado. No entanto, Sérgio Ramos afirmou que assinaria o roteiro daquela final, quando fez um gol de cabeça aos 48 minutos do segundo tempo, fazendo com que o jogo fosse para a prorrogação e o Real conquistasse sua décima Liga dos Campeões ao vencer o clássico por 4 a 1.

"Não mudaria nada do roteiro. As coisas saem assim, o destino está escrito. Pulamos essa página e não gostamos de lembrar essas coisas perto de disputar outra final. Minha lembrança é muito linda, se tivesse que rodar um filme teria sido assim. Agora encaro a final como se não tivesse ganho nenhuma Liga dos Campeões, com a mesma fome, esperança e vontade", declarou.

O capitão aguarda por uma final equilibrada em Milão. "Sabemos o que 'Zizou' (apelido do técnico Zinedine Zidane) nos pede e temos que executá-lo trabalhando com muita intensidade, cometendo menos erros possíveis porque essas partidas são decididas por pequenos detalhes. Se tivermos um bom dia confiamos em que as coisas sairão bem", disse.

Para o zagueiro central madridista, não há mais pressão para nenhuma das duas equipes e destacou a superação do Atlético após perder a decisão de Lisboa. "Diante uma derrota assim não pode ficar ferido, eles seguiram correndo para ter novas oportunidades. Sabemos que a pressão em uma final existe e é preciso saber conduzi-la. Não é que nós temos menos vontade por vencido há dois anos, queremos voltar a ganhar. Nossa torcida merece uma alegria assim", completou.

Ramos lembrou brevemente do técnico italiano Carlo Ancelotti, comandante da equipe campeã da Liga dos Campeões da temporada 2013-2014. "Nós temos muito carinho por ele", disse o jogador, destacando no final que equipe necessita estar concentrada ao máximo durante toda a partida ou será castigada pelo rival.

"O Atlético pode castigar no único segundo que faltar concentração. É necessário um adicional de concentração em qualquer ação, a bola parada especialmente. Com os jogadores de tanta qualidade que eles têm podemos perder qualquer partida", advertiu. EFE

rmm/phg/id

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo