Esporte

Conmebol diz lucrar apenas na Copa América e ter prejuízo em outros torneios

03/06/2016 18h15

Buenos Aires, 3 jun (EFE).- O presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez, afirmou que a Copa América é a única competição que gera lucro à centenária entidade, e que os demais torneios dão prejuízo.

"Infelizmente a única copa que gera lucro para a Conmebol é a Copa América. Todas as outras taças, que são muito importantes, todas as competições e torneios, tudo dá preujízo", declarou o dirigente paraguaio em entrevista publicada nesta sexta-feira pelo jornal argentino "La Nación".

Além da Copa América, a Conmebol tem entre suas principais competições de clubes a Taça Libertadores e a Copa Sul-Americana.

Domínguez disse que a Conmebol, cuja presidência ele ocupa desde 26 de janeiro, não tem reservas econômicas e "vive pelo dia". O dirigente também admitiu que a nova direção "não sabe quanto vale a Taça Libertadores".

"Hoje a Conmebol gera dinheiro, mas o transfere. Acabo de assinar as transferências às equipes que continuam na Taça Libertadores, e são grandes", declarou Domínguez em relação aos times classificados para as semifinais: São Paulo, Nacional de Medellín, Boca Juniors e Independiente del Valle.

Domínguez acrescentou que "91% das receitas foram redestinados para o futebol", e que "75% das receitas estão saindo em prêmios".

"Estamos no processo de reorganizar a Conmebol. Estamos tentando fazer a Conmebol passar a ser uma entidade do século XXI. Hoje estamos na pré-história", acrescentou.

O dirigente disse que, ao assumir o cargo, encontrou a Conmebol em um estado "muito pior" do que imaginava, porque "não existe nenhum documento de 2013 para trás".

Domínguez também revelou que propôs em "conversas informais" que, se o campeão da edição de centenário da Copa América for diferente do Chile (que conquistou o título do torneio no ano passado), esta seleção possa disputar a Copa das Confederações de 2017, na Rússia. Com isso, abriria-se uma nova possibilidade de o Brasil participar do torneio, já que não conquistou uma vaga nem pela competição continental e nem pela Copa do Mundo de 2014.

"É muito importante esclarecer com antecipação que o acordo é que o campeão que vai representar a Conmebol na Copa das Confederações é o Chile. E apresentei a possibilidade de que, caso a Alemanha ganhe a Eurocopa, a América do Sul possa colocar seus dois campeões", explicou.

A Alemanha, em sua condição de campeã mundial, tem vaga assegurada na Copa das Confederações.

Domínguez disse que sua proposta foi recebida com "silêncio".

"Apresentei em conversas informais, mas informais que servem", especificou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo