Esporte

Piloto espanhol morre após sofrer grave acidente na Moto2

Da EFE, em Barcelona

03/06/2016 11h33

O piloto espanhol Luis Salom (SAG Kalex) sofreu um grave acidente durante o segundo treino livre para o Grande Prêmio da Catalunha de Moto2 nesta sexta-feira (3). Ele foi levado de helicóptero para o Hospital Geral da Catalunha, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Faltando 24 minutos para o fim da sessão, Salom perdeu o controle e caiu na curva 12 do circuito de Montmeló, uma das mais rápidas, ficando imóvel ao lado de sua moto após o incidente. Os fiscais foram os primeiros a chegar ao local, seguidos por uma ambulância.

"Um amigo meu viu o acidente e me contou como foi. Me disse que Salom passou pelas barreiras e logo em seguida a moto caiu em cima dele. Isso é muito estranho, provavelmente sofreu alguma avaria na moto, porque não é possível entender o que aconteceu", disse o piloto da MotoGP Valentino Rossi.

O piloto de 24 anos foi atendido ainda na pista e transferido para o centro médico móvel do circuito. Depois, foi levado de helicóptero ao Hospital Geral da Catalunha, o mais próximo de Montmeló. Lá, passou por cirurgia e morreu pouco depois. 

No Twitter, o tenista espanhol Rafael Nadal, que faz aniversário de 30 anos nesta sexta, lamentou a morte do compatriota.

A direção da prova decidiu cancelar a sessão de treinos. Após a confirmação da morte do piloto, a organização da competição emitiu um comunicado oficial sobre o ocorrido.

Confira abaixo o comunicado na íntegra:

"Como consequência do incidente ocorrido durante o treino desta sexta-feira (03) da Moto GP 2, no circuit de Barcelona, é com grande pesar que informamos o falecimento de Luis Salom (SAG Team).

A sessão recebeu bandeira vermelha faltando apenas 25 minutos após o espanhol cair na curva 12. Dois carros médicos e duas ambulâncias foram imediatamente deslocados para o atendimento do piloto de 24 anos, assim como um helicóptero médico também foi colocado à disposição para ajudar no tratamento dele.

Dada a gravidade da situação, a decisão tomada foi transferir Salom por terra para o Hospital Geral da Catalunha, que fica nas proximidades. Na chegada, ele foi submetido a uma cirurgia, mas apesar dos maiores esforços da equipe de traumatologia, ele acabou falecendo às 16h55 (horário de Barcelona).

Salom fez sua estreia no torneio mundial em Jerez, em 2009, na categoria 125 cilindradas. Ele terminou no pódio em 25 corridas, incluindo nove vitórias na Moto GP3. Ele terminou a temporada 2012 da Moto GP3 na segunda colocação e, no último ano, terminou em terceiro.

Ele também já havia terminado no pódio três vezes em 41 apresentações pela Moto GP2, incluindo um segundo lugar na abertura da temporada 2016, no Qatar. Gostaríamos de prestar condolências para a família, amigos e equipe de Salom".

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo