Esporte

Obama classifica Ali como "um homem que lutou pelo que era justo"

04/06/2016 14h11

Washington, 4 jun (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, rendeu neste sábado uma homenagem à lenda do boxe Muhammad Ali, o classificando com "um homem que lutou pelo que era justo" e que com sua luta fora do ringue, em defesa da igualdade entre todas as pessoas, ajudou a construir um mundo melhor.

"Muhammad Ali sacudiu o mundo. E o mundo é melhor graças a ele. Todos somos melhores por isso", afirmou Obama em comunicado, assinado também pela primeira-dama, Michelle Obama, e endereçado à família do ex-boxeador, falecido ontem à noite, aos 74 anos, em um hospital de Phoenix devido a problemas respiratórios.

Obama confessou que em seu estúdio privado, ao lado do Salão Oval, guarda em uma pequena exposição um par de luvas e uma fotografia de Muhammad Ali, então um jovem campeão de apenas 22 anos que "rugia como um leão" após ter vencido o boxeador Sonny Liston, em Maine.

Esta fotografia, de maio de 1965, é uma das mais populares de Ali e tem um significado simbólico, pois, a partir desse momento, o pugilista começou uma carreira única e histórica.

"Quando foi tirada (a fotografia) eu era jovem demais para entender quem era", lembrou Obama.

Obama recordou a luta de Ali pelos direitos dos negros e mencionou as aparições públicas do ex-pugilista ao lado de líderes como Martin Luther King e o ex-presidente sul-africano Nelson Mandela.

"Ele esteve ao lado de King e Mandela, ele manifestou sua opinião quando outros não faziam. Sua luta fora do ringue custou seu título e sua posição pública. Ganharia inimigos da esquerda e da direita, que os xingaram e quase foi enviado para a prisão. Mas Ali se manteve firme", ressaltou Obama.

A última batalha que Ali travou, aposentado do boxe desde 1981, foi contra o mal de Parkinson.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo