Esporte

Totti renova até 2017 e encerrará carreira na Roma

07/06/2016 15h34

Roma, 7 jun (EFE).- O meia-atacante Francesco Totti, de 39 anos, assinou nesta terça-feira a renovação de seu contrato com a Roma por mais uma temporada, até a metade de 2017, quando encerrará a carreira no clube do coração e o único que defendeu como profissional.

"Francesco Totti vestirá a camisa da Roma pela última temporada", disse a Roma em um comunicado no qual exibiu uma imagem do jogador assinando a renovação junto com o presidente do clube, James Pallotta.

Apesar das desavenças com o técnico Luciano Spalletti na recém-encerrada temporada, Totti fez assim realidade seu sonho de jogar no clube de sua cidade até os 40 anos, como lembrou em entrevista ao canal de televisão da Roma.

"Desejei fortemente este contrato, que representa a realização do meu sonho. Sempre quis viver e fechar minha carreira usando uma única camisa, a da Roma", disse Totti, que manifestou sua vontade de conseguir "grandes objetivos".

Por sua vez, Pallotta comemorou a renovação e elogiou a trajetória de Totti na Roma, clube no qual disputou 758 partidas oficiais e marcou 304 gols.

"Ninguém jogou mais partidas ou marcou mais gols que Totti neste clube, e estamos felizes que possa continuar jogando outra temporada", declarou o presidente em comunicado.

A saída de Totti da Roma, em 2017, coincidirá com o nonagésimo aniversário da fundação do clube, em 1927.

O jogador chegou às categorias de base da Roma em 1989, quando tinha 12 anos, e fez sua estreia na equipe principal e na Série A aos 16 anos, em 28 de março de 1993, como aposta do técnico Vujadin Boskov contra o Brescia.

Totti marcou seu primeiro gol em um jogo oficial com a camisa 'giallorossa' em 4 de setembro de 1994, contra o Foggia, e em 1998, aos 22 anos, tornou-se o capitão mais jovem da equipe.

Durante sua longa carreira, ele ganhou um "Scudetto" (título do Campeonato Italiano), dois títulos da Copa Itália e duas Supercopas da Itália.

Pela seleção italiana, Totti conquistou a Copa do Mundo de 2006 e também foi ao Mundial de 2002, além das Eurocopas de 2000 e 2004. EFE

am-gsm/id

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo