Esporte

Albânia aposta em estilo italiano para surpreender além das eliminatórias

08/06/2016 19h53

Mimoza Dhima.

Tirana, 8 jun (EFE).- Após surpreender nas eliminatórias e se classificar para a Eurocopa como segunda colocada do grupo I, atrás apenas de Portugal e à frente de Sérvia e Dinamarca, que acabaram sem vaga, a Albânia chega ao torneio continental apostando em uma filosofia de jogo "à italiana" para tentar alcançar voos mais altos, como ir além da fase de grupos.

Com pouca tradição no futebol do Velho Continente, a modesta seleção participará pela primeira vez da Euro. E a façanha foi reconhecida pelo presidente albanês, Bujar Nishani, que a condecorou com a medalha "Honra da Nação".

Este sucesso tem a decisiva participação do técnico Gianni de Biasi, que passou inclusive a ser cotado como candidato a dirigir a seleção da Itália após a saída de Antonio Conte do comando da 'Azzurra'.

De Biasi, de 59 anos, tornou-se uma figura muito popular não só entre os torcedores, mas toda a população albanesa, e desde março de 2015 tem passaporte do país.

Apelidado em albanês como 'Gani', o ex-jogador de Palermo e Brescia fez prevalecer o fator "conjunto" ao individualismo predominante até sua chegada, deixando a equipe com cara de italiana. Sem estrelas - os mais conhecidos são o goleiro Berisha, da Lazio, e o zagueiro Elseid Hysaj, do Napoli -, a seleção tem um valor de mercado avaliado em 10 milhões de euros.

Devido ao fraco nível do campeonato nacional, De Biasi priorizou jogadores que atuam fora do país, sendo que alguns são filhos de emigrantes, outros têm origem albanesa-kosovar e muitos sequer dominam o idioma albanês.

A Albânia está no grupo A da Eurocopa, junto com a anfitriã França, Suíça e Romênia.



Confira a lista de convocados da Albânia para a Eurocopa:.



- Goleiros: Etrit Berisha (Lazio/ITA), Alban Hoxha (Partizani/ALB) e Orges Shehi (Skenderbeu/ALB).

- Defensores: Ansi Agolli (Qarabag/AZE), Arlind Ajeti (Frosinone/ITA), Naser Alliji (Basel/SUI), Elseid Hysaj (Napoli/ITA), Andi Lila (Giannina/GRE), Mergim Mavraj (Colônia/ALE) e Fédéric Vesell (Lugano/SUI).

- Meias: Amir Abrashi (Freiburg/ALE), Migjen Basha (Como/ITA), Lorik Cana (Nantes/FRA), Emir Lenjani (Nantes/FRA), Ergys Kaçe (PAOK/GRE), Burim Kukeli (FC Zürich/SUI), Ledian Memushaj (Pescara/ITA), Odise Roshi (Rijeka/CRO) e Taulant Xhaka (Basel/SUI).

- Atacantes: Bekim Balaj (Rijeka/CRO), Sokol Çikalleshi (Istambul Basaksehir/TUR), Shkelzer Gashi (Colorado Rapids/EUA) e Armando Sadiku (Vaduz/LIE).



Time base: Etrit Berisha; Elsaid Hysaj, Lorik Cana, Mërgim Mavraj e Ansi Agolli; Burim Kukeli, Ermir Lenjani, Taulant Xhaka, Amir Abrashi e Shkëlzen Gashi; Sokol Cikalleshi. Técnico: Gianni de Biasi EFE

md/id

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo