Esporte

Com geração multicultural, Suíça vive expectativa de desfragmentação

08/06/2016 20h05

Carlos Mateos.

Redação Central, 8 jun (EFE).- A Suíça chega com uma sensação de incerteza para a próxima edição da Eurocopa, nem tanto pelo papel que a seleção pode fazer na França, mas pelo futuro que lhe reserva após o torneio.

A admissão de Kosovo como membro da Uefa e da Fifa representa uma ameaça especialmente perigosa para a Suíça e para a Albânia, ambas no grupo A da Eurocopa, ao lado de França e Romênia.

Apesar de a expectativa de a desfragmentação de seu elenco não ser grande, há a possibilidade de o país perder algumas de suas referências da noite para o dia. Nomes como Shaqiri, Behrami e Xhaka estarão em condições de decidir que país defenderão. Essa situação reflete a realidade de uma equipe unida sob o mesmo hino, mas com um DNA multicultural.

Dadas às circunstâncias, a Eurocopa pode ser a última oportunidade para que se vejam os frutos do trabalho feito nas categorias de base nos últimos anos. Estarão reunidas duas gerações consecutivas interessantes: uma, a que conquistou o Mundial Sub-17 em 2009; a outra, que foi finalista do Europeu Sub-21 em 2011.

Entre eles estão desde o goleiro Sommer até o lateral Ricardo Rodríguez, passando por alguns dos que podem jogar por Kosovo. Uma mistura atrativa que é completada por jogadores que surgiram antes, como o veterano Lichtsteiner, e depois, como o atacante Breel Embolo, de apenas 19 anos, que ainda é dúvida para o torneio por estar se recuperando de problemas físicos.

Entre as ausências, a mais notada é a do atacante Josip Drmic por lesão. Além disso, destaque para as não convocações dos meias Gökhan Inler e Vladimir Stocker, e do zagueiro Timm Klose, todos desconsiderados pelo técnico Vladimir Petkovic.

Esses três últimos jogadores passaram pelo Basel, clube cuja contribuição ajuda a entender a atual realidade da Suíça. O bom trabalho nas categorias de base e o uso dos jovens na equipe principal fez com que muitos deles se destacassem, chamando a atenção dos principais clubes do continente.

No entanto, no que se refere à seleção, poucos resultados foram colhidos. Com um papel discreto na Eurocopa de 2008, apesar de ter sido anfitriã do torneio ao lado da Áustria, e a ausência do torneio quatro anos depois, só a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, pode dar alguma esperanças à torcida suíça.

A Suíça passou com dificuldades pela fase de grupos, mas quase eliminou a Argentina. Messi, Di María e seus companheiros, que seriam vice-campeões posteriormente, precisaram da prorrogação para vencer por 1 a 0 e seguir na competição.

Por todos esses fatores, o panorama é imprevisível. Após conseguir uma classificação tranquila na Eurocopa, atrás da Inglaterra nas Eliminatórias, a Suíça espera que seus principais jogadores desencantem na competição. Se isso ocorre, pode ser uma das grandes surpresas do torneio.



Confira a lista de convocados da Suíça para a Eurocopa:.



Goleiros: Roman Burki (Borussia Dortmund/ALE), Marwin Hitz (Ausburg/ALE) e Yann Sommer (Borussia Mönchengladbach/ALE).

Defensores: Johan Djourou (Hamburgo/ALE), Nico Elvedi (Borussia Mönchengladbach/ALE), Michale Lang (Basel/SUI), Stephan Lichtsteiner (Juventus/ITA), François Moubandje (Toulouse/FRA), Ricardo Rodríguez (Wolfsburg/ALE), Fabian Schar (Hoffenheim/ALE) e Steve von Bergen (Young Boys/SUI).

Meias: Valon Behrami (Watford/ING), Blerim Dzemaili (Genoa/ITA), Gelson Fernandes (Rennes/FRA), Fabian Frei (Mainz 05/ALE), Granit Xhaka (Borussia Mönchengladbach/ALE) e Denis Zakaria (Young Boys/SUI).

Atacantes: Eren Derdiyok (Kasimpasa/TUR), Breel Embolo (Basel/SUI), Admir Mehmedi (Bayer Leverkusen/ALE), Haris Seferovic (Frankfurt/ALE), Xherdan Shaquiri (Stoke City/ING) e Shani Tarashaj (Grasshoppers/SUI).



Time base: Sommer; Lichtsteiner, Lang, Djourou e Rodriguez; Fernandes, Xhaka e Behrami; Shaqiri, Seferovic e Mehmedi. Técnico: Vladimir Petkovic.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo