Esporte

Em clima de despedida de Ibra, Suécia lança fichas em geração promissora

08/06/2016 20h01

Anxo Lamela.

Redação Central, 8 jun (EFE).- A Suécia vai encarar a Eurocopa na França olhando também para o futuro, já que existe a possibilidade de esta ser a última competição do atacante Zlatan Ibrahimovic pelo país, assim como outros veteranos que por alguns anos foram titulares da seleção.

Maior artilheiro do 'Blagult' (Azul e Amarelo) com 62 gols, o veterano de 34 anos não falou abertamente sobre despedida, mas a imprensa do país não aposta na presença dele nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

Outros atletas com currículo extenso que poderão deixar a Suécia após a Euro são o goleiro Andreas Isaksson, de 34 anos, e o meia Kim Kallstrom, de 33, seguindo os passos do zagueiro Mikael Antonsson, que anunciou recentemente a aposentadoria da seleção.

Na França, Ibrahimovic terá a chance de tentar levar a Azul e Amarela além da fase de grupos, o que não acontece desde 2004. Na ocasião, ainda com 22 anos, o atacante se destacou, mas acabou virando vilão ao perder um dos pênaltis na decisão com a Holanda, nas quartas de final, após empate em 0 a 0 no tempo normal.

Depois disso, vieram duas eliminações consecutivas, sempre com uma vitória e duas derrotas. Agora, a missão é superar um complicado grupo E, que conta ainda com Irlanda, rival da estreia, Itália e Bélgica, que serão enfrentados em Saint-Denis, Toulouse e Nice, respectivamente.

Além das atuações de Ibra, a presença de jogadores que conquistaram o Campeonato Europeu sub-21 no ano passado - que valeu ao país vaga nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro - também é atração na Suécia.

Ao todo, seis atletas foram convocados pelo técnico Erik Hamren, com destaque para o zagueiro Victor Lindelöf, do Benfica, e o atacante John Guidetti, do Celta de Vigo. Também foram relacionados o goleiro Patrik Carlgren, o lateral-esquerdo Ludwig Augustinsson e os meias Oscar Lewicki e Oscar Hiljemark.

Na Eurocopa, o melhor desempenho sueco aconteceu em 1992, quando atuou em casa e conseguiu chegar às semifinais, ficando ao fim da competição na quarta colocação entre oito participantes.



Confira a lista de convocados da Suécia para a Eurocopa:.



Goleiros: Patrik Carlgren (AIK/SUE), Andreas Isaksson (Kasimpasa/TUR) e Robin Olsen (Copenhague/DIN).

Defensores: Ludwig Augustinsson (Copenhague/DIN), Erik Johansson (Copenhague/DIN), Andreas Granqvist (Krasnodar/RUS), Pontus Jansson (Torino/ITA), Victor Lindelof (Benfica/POR), Mikael Lustig (Celtic/ESC) e Martin Olsson (Norwich/ING).

Meias: Jimmy Durmaz (Olympiacos/GRE), Albin Ekdal (Hamburgo/ALE), Erkan Zengin (Trabzonspor/TUR), Emil Forsberg (RB Leipzig/ALE), Oscar Hiljemark (Palermo/ITA), Kim Källstrom (Grasshoppers/SUI), Sebastian Larsson (Sunderland/ING), Oscar Lewicki (Malmö/SUE) e Pontus Wernbloom (CSKA Moscou/RUS).

Atacantes: Marcus Berg (Panathinaikos/GRE), John Guidetti (Celta de Vigo/ESP), Zlatan Ibrahimovic (Paris Saint-Germain/FRA) e Emir Kujovic (Norrkoping/SUE).



Time-base: Isaksson; Lustig, Granqvist, Johansson e Olsson; Källstrom, Ekdal, Forsberg e Durmaz; Ibrahimovic e Berg. Técnico: Erik Hamren.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo