Esporte

Nova "geração de ouro" quer recolocar Áustria na elite do futebol

08/06/2016 19h54

Luis Lidón.

Viena, 8 jun (EFE).- Uma nova "geração de ouro" pretende recolocar a Áustria na elite do futebol do Velho Continente na Eurocopa com um jogo vertical e desinibido que tem como destaque o versátil lateral e meia David Alaba, do Bayern de Munique.

Invicta em um grupo das eliminatórias no qual superou os na teoria favoritos Rússia e Suécia, a Áustria tentará no torneio repetir o estilo vistoso e efetivo que o técnico suíço Marcel Koller conseguiu implantar desde que assumiu as rédeas da seleção, no final de 2011. Na época, a Áustria estava no 70º lugar no ranking da Fifa e agora já é a 11ª.

Os jovens jogadores austríacos já fizeram história ao conseguirem a primeira classificação do país para uma Eurocopa por meio de eliminatórias, já que sua participação em 2008 ocorreu na condição de anfitriã.

Esta façanha despertou esperanças e levou os torcedores a compará-la às melhores que o futebol do país já produziu, como a de Hans Krankl, Kurt Jara e Herbert Prohaska no começo dos anos 80 ou a de Toni Polster, Andreas Herzog e Ivica Vastic na década de 90.

A base da equipe é formada por jogadores que chegaram às semifinais do Mundial sub-20 de 2007, como Sebastian Prödl, zagueiro do Watford; Martin Harnik, ponta do Stuttgart; e Zlatko Junuzovic, meia-atacante do Werder Bremen.

A eles se somam outros mais jovens, como Alaba (23 anos) e o zagueiro Aleksandar Dragovic (25), do Dínamo de Kiev, alem de veteranos como o atacante do Marc Janko (32), do Basel.

Embora Alaba seja o astro da seleção por talento e por estar em um clube em evidência no cenário mundial, a Áustria não é uma equipe de um só homem e conta com bons nomes em todas as linhas, ainda que não à sua altura.

Na defesa se destacam dois alas infatigáveis: Christian Fuchs, do Leicester, pelo lado esquerdo, e Florian Klein, do Stuttgart, pelo direito.

No meio, além de Alaba, do veloz Harnik e do habilidoso Junuzovic, destaca-se o "carregador de piano" Julian Baumgartlinger, do Mainz.

No ataque, a equipe se mostra dependente, em grande parte, de quão bem estiver no dia Marko Arnautovic, um jogador com bom preparo físico e de qualidade técnica apurada, mas instável.

Arnautovic, que carrega a imagem de jogador rebelde que nunca rendeu o que se esperava dele, costuma jogar pelas pontas ou como falso segundo atacante e é capaz de jogadas impossíveis ou perder gols feitos.

A equipe ainda não encontrou um goleador confiável, o que permitiria que desse um salto de qualidade. Enquanto isso, dois atacantes de características opostas disputam a posição de "9": o gigante Marc Janko, bom cabeceador, mas lento e pesado, e o paquistanês de nascimento Rubin Okotie, rápido e vertical, mas pouco prolífico na arte de balançar a rede.

Koller também convocou dois jogadores considerados promissores, mas que não devem ter muitos minutos em campo a princípio: o habilidoso meia Valentino Lazaro, de 20 anos, do Red Bull Salzburg, e o atacante Marcel Sabitzer, de 22, do RB Leipzig.



Confira a lista de convocados da Áustria para a Eurocopa:.



- Goleiros: Robert Almer (Austria Viena/AUT), Heinz Lindmer (Eintracht Frankfurt/ALE) e Ramazan Özcan (Ingolstadt/ALE).

- Defensores: Aleksandar Dragovi+ (Dínamo de Kiev/UCR), Christian Fuchs (Leicester City/ING), Martin Hinteregger (Borussia Mönchengladbach/ALE), Florian Klein (Stuttgart/ALE), Sebastian Prödl (Watford/ING), Markus Sttuner (Ingolstadt/ALE) e Kevin Wimmer (Tottenham Hotspur/ING).

- Meias: David Alaba (Bayern de Munique/ALE), Julian Baumgartlinger (Mainz/ALE), György Garics (Darmstadt/ALE), Stefan Ilsanker (RB Leipzig/ALE), Jakob Janscher (FC Luzern/SUI), Zlatko Junuzovic (Werder Bremen/ALE) e Alessandro Schöpf (Schalke 04/ALE).

- Atacantes: Marko Arnautovic (Stoke City/ING), Martin Harnik (Stuttgart/ALE), Lukas Hinterseer (Ingolstadt/ALE), Marc Janko (Basel/SUI), Rubin Okotie (1860 Munique/ALE) e Marcel Sabitzer (RB Leipzig/ALE).



Time base: Robert Almer; Florian Klein, Aleksandar Dragovic, Martin Hinteregger e Christian Fuchs; Julian Baumgartlinger, David Alaba, Martin Harnik, Zlatko Junuzovic e Marko Arnautovic; Marc Janko. Técnico: Marcel Koller.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo