Esporte

República Tcheca chega na Euro buscando equilíbrio entre a defesa e o ataque

08/06/2016 19h59

Praga, 8 jun (EFE).- A República Tcheca volta à Eurocopa, torneio que disputa seguidamente desde a edição de 1996, com uma equipe forte na defesa, com destaque para o goleiro Petr Cech, mas frágil no ataque, já ainda não encontrou um substituto para o ex-atacante Jan Koller, que deixou a seleção em 2009.

Recuperado de uma lesão nas costas, Cech há 12 anos defendendo sua seleção, entra motivado no torneio continental após vencer pela quarta vez o título de melhor goleiro do Campeonato Inglês, no qual, defendendo o Arsenal, ficou 16 partidas sem sofrer gols.

"Os sonhos são para serem sonhados. Por isso sonho com a final e com a vitória", afirmou o arqueiro.

Se conta com um dos melhores goleiros do mundo, no ataque a situação da República Tcheca é diferente.

Longe da seleção desde 2009, o ex-atacante Koller é o principal goleador da história da seleção, com 55 gols. O segundo colocado está em atividade e irá à Euro: é o veterano meia Tomas Rosicky, com 22. Após deixar o Arsenal onde disputou apenas 19 minutos nesta temporada, Rosicky, de 35 anos, reconhece que não estará 100% na França, mas espera ajudar a República Tcheca com sua experiência.

O histórico dos tchecos na Eurocopa consiste em um vice-campeonato, em 1996, e um terceiro lugar em Portugal-2004. A equipe, ausente das duas últimas Copas do Mundo, procura repetir a boa atuação que teve nas Eliminatórias da Euro, nas quais terminou em primeiro lugar de um grupo que tinha a Holanda.

Desta vez, os pupilos de Pavel Vrba terão que ratificar seu bom momento na fase de grupos contra a atual campeã Espanha, além de Turquia e Croácia.

"Não vamos (à França) para passear. Vamos atrás do sucesso e espero consegui-lo. Estou convencido da força desta equipe, e embora no papel não sejamos favoritos, o futebol surpreende", disse Vrba.



Confira a lista de convocados da República Tcheca para a Eurocopa:.

- Goleiros: Petr Cech (Arsenal/ING), Tomas Koubek (Liberec/RTC) e Tomas Vaclik (Basel/SUI).

- Defensores: Theodor Gebre Selassie (Werder Bremen/ALE), Roman Hubnik (Viktoria Plzen/RTC), David Limbersky (Viktoria Plzen/RTC), Pavel Kaderabek (Hoffenheim/ALE), Michal Kadlec (Fenerbahce/TUR), Tomas Sivok (Bursaspor/TUR) e Marek Suchy (Basel/SUI).

- Meias: Vladimir Darida (Hertha Berlim/ALE), Borek Dockal (Sparta Praga/RTC), Josef Sural (Sparta Praga/RTC), Daniel Kolar (Viktoria Plzen/RTC), David Pavelka (Kasimpasa/TUR), Jaroslav Plasil (Bordeaux/FRA), Daniel Pudil (Sheffield Wednesday/ING), Ladislav Krejci (Sparta Praga/RTC), Tomas Rosicky (Arsenal/ING) e Jiri Skalak (Brighton & Hove Albion/ING).

- Atacantes: David Lafata (Sparta Praga/RTC), Milan Skoda (Sparta Praga/RTC) e Tomas Necid (Bursaspor/TUR).



Time base: Petr Cech; Pavel Kaderabek, Tomas Sivok, Michal Kadlec e David Limbersky; Vladimir Darida, Jaroslav Plasil, Borek Dockal, Tomas Rosicky e Ladislav Krejci; Tomas Necid.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo