Esporte

México vence Jamaica, se classifica e elimina Uruguai da Copa América

10/06/2016 02h13

Pasadena (EUA), 9 jun (EFE).- A seleção do México selou nesta quinta-feira sua classificação para as quartas de final da edição de centenário da Copa América, que é disputada nos Estados Unidos, após vencer a Jamaica por 2 a 0, graças aos gols de Chicharito e Peralta, e às defesas de Ochoa, em jogo válido pela segunda rodada do Grupo C, realizado no estádio Rose Bowl, em Pasadena, na Califórnia.

O México tomou a iniciativa da partida após o apito inicial e imediatamente tentou envolver a Jamaica com intensas trocas de passes, mas os 'Reggae Boyz', com muita disciplina tática, bloquearam os avanços mexicanos e até criaram algumas chances, levando perigo para o goleiro mexicano Guillermo Ochoa, que se destacou com boas defesas.

Os primeiros avanços mexicanos foram improdutivos, até que, aos 16 minutos de jogo, Miguel Layún cruzou pela direita e a bola passou por todo mundo, chegando até Jesús Manuel Corona, que cruzou novamente para o centro da área e encontrou Chicharito livre, que desviou de cabeça e abriu o placar para a seleção asteca.

Com isso, o atacante do Borussia Dortmund marcou seu gol de número 45 com a seleção mexicana e está a apenas um do maior artilheiro da história do combinado asteca, Jared Borgetti.

Mesmo com o gol, a Jamaica não se descontrolou, enquanto o México insistia nas jogadas pelas laterais com Layún e Héctor Herrera, sempre buscando Chicharito para aumentar a diferença no placar, mas os zagueiros e o goleiro jamaicanos conseguiram intervir de maneira oportuna.

Os jamaicanos também pressionaram, e só não viraram o jogo pelas oportunidades perdidas e pela grande atuação do goleiro Ochoa.

No segundo tempo, o México seguiu com problemas na defesa e deu espaços para a Jamaica, mas o os 'Reggae Boyz' não conseguiram aproveitar. Clayton Donaldson, o atacante mais agudo da seleção caribenha, teve duas grandes chances, mas parou em Ochoa, na defesa mexicana e em suas próprias limitações técnicas.

O México, que é comandado pelo ex-são-paulino Juan Carlos Osorio, insistiu nas bolas para Chicharito e criou algumas chances com Jiménez e Layún, até que o treinador colombiano decidiu trocar o atacante do Borussia Dortmund por Oribe Peralta, algoz do Brasil nos Jogos Olímpicos de Londres.

E a estrela de Osorio brilhou, pois o substituto marcou o segundo dos astecas, em jogada de Lozano pelo lado esquerdo, que acionou Herrera dentro da área, mas o mesmo não conseguiu dominar a bola, que sobrou para o atacante bater cruzado e vencer Blake, dando números finais ao jogo.

A vitória de hoje garantiu a classificação do México para a próxima fase e eliminou o Uruguai, que foi derrotado pela Venezuela. Agora, os astecas decidirão a liderança do Grupo C em Houston contra a 'Vinotinto', na próxima segunda-feira, enquanto a 'Celeste' se despede da competição em Santa Clara, na Califórnia, contra a também eliminada Jamaica.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo