Esporte

Klinsmann diz que Estados Unidos não têm mais nada a perder na Copa América

11/06/2016 23h24

Filadélfia (EUA), 11 jun (EFE).- O técnico alemão Jürgen Klinsmann garantiu neste sábado que a seleção dos Estados Unidos já completou o objetivo proposto nesta edição da Copa América, que era avançar para às quartas de final.

"Não temos mais nada a perder. Se o nosso rival for o Brasil, eles serão os favoritos, mas podemos lutar. Todas as equipes têm pontos fracos", avaliou o comandante, em entrevista coletiva concedida pouco depois da vitória dos americanos sobre o Paraguai por 1 a 0.

O adversário dos Estados Unidos só será conhecido amanhã, entre os brasileiros, e também as seleções de Peru e Equador.

Sobre a partida deste sábado, que levou os anfitriões aos seis pontos, Klinsmann destacou a dedicação após a expulsão de DeAndre Yedlin, ainda aos 2 minutos do segundo tempo. O treinador, no entanto, absolveu o jovem lateral-direito, de 22 amos.

"Ele perdeu a cabeça por um instante, e isso acontece quando você é jovem. É preciso dar o benefício da dúvida para ele", avaliou o alemão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo