Esporte

Com favoritismo, Portugal estreia contra surpreendente Islândia

13/06/2016 16h32

Saint-Étienne, 13 jun (EFE).- Liderada por Cristiano Ronaldo e com favoritismo no Grupo F, a seleção portuguesa estreia na Eurocopa nesta terça-feira, no estádio Geoffroy-Guichard, em Saint-Étienne, contra a Islândia, uma das revelações das Eliminatórias e que pela primeira vez disputa um torneio de grande expressão.

Portugal chega à competição com uma equipe mesclada por veteranos, como Ricardo Carvalho (38 anos), Bruno Alves (34) e Cristiano Ronaldo (31), e jovens promissores como Renato Sanches (18), André Gomes e Raphael Guerreiro (22).

O técnico Fernando Santos precisará encontrar o equilíbrio perfeito para que a seleção lusitana alcance as oitavas de final sem sustos e corresponda ao status de favorita no grupo, também composto por Áustria, que faz sua segunda aparição na Eurocopa, e Hungria, que não disputava o torneio desde 1986.

A principal dúvida do treinador português para escalar o time está em Ricardo Quaresma. O atacante do Besiktas abandonou o treino de domingo com dores na coxa direita e, caso não esteja apto para jogar, deve ser substituído por Nani.

Outra incógnita em Portugal será descoberta durante a partida: a condição física de Cristiano Ronaldo, que terminou a temporada com o Real Madrid afetado por pequenas lesões.

Embora não figure entre as grandes favoritas da competição, a meta da seleção de Portugal é finalmente conquistar a taça que nunca faturou. O melhor desempenho do país no torneio foi em 2004, quando perdeu como anfitrião para a Grécia na final.

O objetivo da Islândia é bem mais modesto, simplesmente fazer o melhor possível em sua estreia na Eurocopa, talvez com uma classificação para as oitavas de final.

A seleção do país vive um conto de fadas e sonha em surpreender. Para isso, o país conta com jogadores que emigraram e se estabeleceram nos grandes compeonatos europeus, como Gudmundsson, do Charlton, Bodvarsson, do Kaiserslautern, e Sigthórsson, do Nantes.

O cérebro da equipe é Gylfi Sigursson, que se destacou com 11 gols pelo Swansea na temporada passada. Mas a principal aposta da equipe islandesa é a defesa, que sofreu apenas seis gols em dez partidas nas Eliminatórias.

O técnico Lars Lagerbäck apimentou as expectativas para o duelo em entrevista concedida no domingo, quando provocou a equipe adversária ao dizer que o zagueiro Pepe "poderia estar em Hollywood" e que Cristiano Ronaldo é "um grande ator".

.

Prováveis escalações:.

Portugal: Rui Patrício; Vieirinha (Cédric), Pepe, Ricardo Carvalho e Eliseu (Raphäel Guerreiro); João Mário, Danilo Pereira, João Moutinho e André Gomes; Nani e Cristiano Ronaldo. Técnico: Fernando Santos.

Islândia: Halldorsson; Skúlason, Ragnar Sigurdsson, Árnason e Saevarsson; Gudmundsson, Gylfi Sigurdsson, Gunnarsson, Bjarnasson; Sigthórsson e Finnbogason. Técnico: Lars Lagerbäck.

Árbitro: Cuneyt Cakir (TUR), auxiliado pelos compatriotas Bahattin Duran e Tarik Ongun.

Estádio: Geoffroy-Guichard, em Saint-Étienne.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo