Esporte

Em dia histórico para CR7, Portugal só empata com Islândia em Saint-Étienne

14/06/2016 18h02

Saint-Étienne, 14 jun (EFE).- Portugal decepcionou nesta terça-feira em sua estreia nesta edição da Eurocopa ao empatar com a Islândia em 1 a 1, no estádio Geoffroy-Guichard, em Saint-Étienne, em dia marcado por recorde de Cristiano Ronaldo, mas, especialmente, por grande atuação do goleiro Hannes Halldorsson.

O placar da partida, válida pelo grupo F, foi aberto por Nani aos 30 minutos do primeiro tempo, no gol de número 600 do torneio continental, de acordo com a Uefa. O meia Birkir Bjarnason igualou para os nórdicos aos 5 minutos da etapa complementar.

O camisa 1 islandês saiu de campo como o grande destaque, com uma série de ótimas defesas ao longo de todo o confronto. A última grande chance dos lusitanos veio aos 39 do segundo tempo, em que Cristiano Ronaldo parou em defesa de Halldorsson.

Ao entrar em campo em Saint-Étienne, Cristiano se igualou a Luís Figo como o jogador que mais vestiu a camisa da seleção portuguesa, com 127 jogos. Em sua quarta participação na Eurocopa, o atacante chegou a 16 partidas na competição. Se atuar mais duas vezes na edição deste ano, superará Lilian Thuram, da França, e Edwin van der Sar, da Holanda, os recordistas de participação.

Com o empate, Portugal e Islândia passaram a dividir a segunda posição da chave. A líder, ao término da primeira rodada, é a Hungria, que mais cedo derrotou a Áustria por 2 a 0, em Bordeaux, com gols de Adam Szalai e Zoltan Stieber.

A segunda rodada do grupo F acontecerá neste sábado. Às 13h (horário de Brasília), os islandeses vão encarar os húngaros, em Marselha. Três horas depois, será a vez de os lusitanos duelarem com os austríacos, em Paris.

Nas escalações de hoje, que tinham Cristiano Ronaldo como grande atração, Portugal veio com o jovem lateral-esquerdo Raphäel Guerrero entre os titulares, o que fez Eliseu ficar no banco. Na Islândia, o veterano Eidur Gudjohnsen ficou entre os reservas, e o atacante Jon Bodvarsson ganhou disputa com Alfred Finnbogason e começou jogando.

Com a bola rolando, logo aos 3 minutos a seleção nórdica assustou quando Sigurdsson roubou bola na esquerda, invadiu a área e soltou a bomba, parando na defesa de Rui Patrício. O meia ainda teve chance no rebote, mas o goleiro luso salvou de novo.

Portugal demorou a se soltar, mas quando conseguiu levar perigo, sofreu com a atuação de Halldorsson. Aos 17, Vierinha chutou de longe, com muito veneno, mas não venceu o camisa 1 islandês, que defendeu em dois tempos.

Pouco depois, aos 20 minutos, após ótima jogada e cruzamento na medida de Cristiano Ronaldo, Nani subiu livre e testou no canto direito, obrigando o goleiro a se esticar todo e defender com o pé esquerdo.

Cinco minutos depois, após lançamento de Pepe, CR7 foi lançado na área e poderia fazer um golaço, mas furou. A bola seguiria em direção do gol, apesar da rara infelicidade do craque, mas Halldorsson conseguiu mostrar reflexo e defender.

O paredão islandês acabou sendo vencido aos 30, quando André Gomes fez boa tabela com Vieirinha e cruzou certeiro para Nani, que se antecipou a zaga e desviou para o fundo das redes, abrindo o placar do duelo.

No finzinho da primeira etapa, o goleiro islandês apareceu de novo, desta vez para intervir em finalização de longa distância de João Moutinho, em defesa segura no meio do gol.

Na etapa complementar, logo aos 5 minutos, os nórdicos buscaram a igualdade, quando Gudmundsson fez belo cruzamento da direita e Bjarnason, após falha de Vieirinha, emendou de primeira para estufar as redes de Portugal.

O gol enlouqueceu a torcida islandesa, que estava em peso no estádio Geoffroy-Guichard, mas isso não serviu para fazer a seleção nórdica ir para cima. Com a igualdade, os lusitanos é que foram para cima, mas de novo esbarraram em Halldorsson, que aos 15 fez ótima defesa em finalização de João Mário.

Aos 25, pela segunda vez no jogo, a bola passou pelo goleiro da Islândia, em cobrança de falta de Raphael Guerrero, que teve leve desvio de cabeça de Nani. A conclusão do atacante português, dessa vez, foi à direita do gol, saindo pela linha de fundo.

Portugal tomou um susto aos 29, em jogada ensaiada do adversário, quando Gunnarsson bateu o lateral na linha de fundo, Sigthorsson escorou de cabeça para o meio da área e quase chegou até Bodvarsson, que entrava no segundo pau. Coube a Raphael Guerrero cortar a evitar a finalização.

Ricardo Quaresma, que entrou aos 31, quase balançou as redes no minuto seguinte, ao receber na direita e soltar chute cheio de veneno. O veterano, no entanto, foi mais um a parar em defesa de Halldorsson.

Até então apagado, Cristiano Ronaldo teve sua principal oportunidade de marcar aos 39, em cabeçada frontal, praticamente da pequena área. A bola saiu sem força, no entanto, e o goleiro islandês fez a defesa.

A resposta dos nórdicos veio dois minutos depois, e dessa vez brilhou a estrela do camisa 1 português, Rui Patrício. Finnbogason, que havia substituído Sigthorsson pouco antes, recebeu na entrada da área, se livrou da marcação de Pepe e soltou a bomba de perna esquerda, obrigando o goleiro adversário a fazer a defesa.



Ficha técnica:.

Portugal: Rui Patrício; Vieirinha, Pepe, Ricardo Carvalho e Raphäel Guerreiro; Danilo, João Mário (Quaresma), João Moutinho (Renato Sanches) e André Gomes (Éder); Nani e Cristiano Ronaldo. Técnico: Fernando Santos.

Islândia: Halldorsson; Skulason, Ragnar Sigurdsson, Arnason e Saevarsson; Gudmundsson (Theodor Bjarnason), Gylfi Sigurdsson, Gunnarsson e Birkir Bjarnason; Sigthorsson (Finnbogason) e Bodvarsson. Técnico: Lars Lagerback.

Árbitro: Cuneyt Cakir (Turquia), auxiliado pelos compatriotas Bahattin Duran e Tarik Ongun.

Gols: Nani (Portugal); e Bjarnason (Islândia).

Cartões amarelos: Bjarnason e Finnbogason (Islândia).

Estádio: Geoffroy-Guichard, em Saint-Étienne (França).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo