Esporte

Ucrânia e Irlanda do Norte jogam sobrevivência após derrotas na estreia

15/06/2016 14h30

Lyon (França), 15 jun (EFE).- Derrotados na primeira rodada do grupo C para Alemanha e Polônia, respectivamente, Ucrânia e Irlanda do Norte medirão forças nesta quinta-feira no estádio Parc Olympique Lyonnais, em jogo de vida ou morte para ambas na luta pela classificação para as oitavas de final.

Para os norte-irlandeses, que disputam sua primeira grande competição desde a Copa do Mundo de 1986, a pressão é ainda maior, já que o adversário da última partida será a atual campeã mundial.

O técnico Michael O'Neill reconheceu após o revés diante dos poloneses pelo placar de 1 a 0 que sua equipe em momento algum conseguiu se impor, mas demonstrou confiança na reação. "Se reencontrarmos a gana e o brilho das Eliminatórias, encontraremos a maneira de reagir", afirmou o técnico após o triste desta terça.

A 'Armada Alviverde' está de luto pela morte de um de seus torcedores, Darren Rodgers, que na última segunda-feira sofreu uma queda durante um passeio marítimo em Nice. O público dedicará um minuto de aplausos aos 24 do primeiro tempo, em referência à idade do jovem. "Os jogadores estão abatidos pela notícia", revelou o treinador.

Na Ucrânia, o olhar é um pouco mais otimista, já que a seleção impôs grandes dificuldades à Alemanha. A tetracampeã mundial não criou muito como de costume, e o segundo gol, marcado por Bastian Schweinsteiger, aconteceu apenas nos instantes finais.

Além disso, os números jogam a favor dos ucranianos, que nunca perderam para a Irlanda do Norte em quatro partidas oficiais. Entretanto, os dois últimos duelos, ambos pelas Eliminatórias para a Euro de 2004, terminaram com empate sem gols.

A equipe dirigida pelo técnico Mikhail Fomenko deposita suas fichas na criatividade dos meia-atacantes Andrei Yarmolenko (Dínamo de Kiev) e Yevhen Konoplyanka (Sevilla). Nos norte-irlandeses, o destaque é o zagueiro Jonny Evans, que já atuou pelo Manchester United e defende o West Bromwich.



Prováveis escalações:

Ucrânia: Pyatov; Shevchuck, Rakitskiy, Khacheridi e Fedetskiy; Sydorchuk e Stepanenko; Yarmolenko, Kovalenko e Konoplyanka; Zozulya. Técnico: Mikhail Fomenko.

Irlanda do Norte: McGovern; McLaughlin, Cathcart, Evans e McAuley; McNair, Norwood, Davis, Blaird e Ferguson; Lafferty. Técnico: Michael O'Neill.

Árbitro: Pavel Královec (RTC), auxiliado pelo compatriota Tomás Mokrusch e pelo eslovaco Roman Slysko.

Estádio: Parc Olympique Lyonnais, em Lyon.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo