Esporte

Rosberg tenta frear reação de Hamilton na estreia de Azerbaijão na F-1

16/06/2016 09h56

Redação Central, 16 jun (EFE).- Líder do Campeonato Mundial de Fórmula 1, o alemão Nico Rosberg, da Mercedes, encara o Grande Prêmio da Europa, que será disputado neste fim de semana em Baku, no Azerbaijão, como chance de reagir, após o britânico Lewis Hamilton, seu companheiro de equipe, vencer duas seguidas.

O três vezes campeões mundiais, ao ocupar o topo do pódio em Mônaco e Canadá, ainda contou com um sétimo e um quinto lugar do rival, respectivamente, e assim reduziu diferença de 43 pontos para nove, tendo a chance, inclusive, de pular para a ponta da tabela no circuito estreante na categoria.

Para a primeira prova da Fórmula 1 em território azeri, foi montado um ousado circuito de rua, com pouco mais de seis quilômetros de extensão. O grande destaque do traçado é a desafiadora curva 8, em que carros passarão em trecho apertado, de 7,1 metros de largura, entre prédios e uma torre.

Curiosamente, o Azerbaijão sediará o Grande Prêmio da Europa mais asiático da história, já que a antiga república soviética, independente desde 1991, está ao sudoeste do Mar Cáspio, fazendo fronteira com o Irã e a parte oriental da Turquia.

Independente da geografia, Rosberg desembarcou no país admitindo que errou no Canadá duas vezes, e que isso o deixa sem opções além de buscar um grande resultado. O alemão garantiu que não mudará a postura agressiva no circuito estreante.

"Estou nessa batalha para conquistar o título, não para ser segundo colocado. Agora, vamos para Baku, que irá representar um desafio tremendo", disse o líder da temporada, em entrevista concedida durante a semana.

Hamilton, por sua vez, chega com menos peso nas costas, já que ao término do GP da Espanha, o antepenúltimo realizado, chegou a cair para o terceiro lugar na tabela, atrás de Rosberg e também do finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari. As duas vitórias o colocaram na briga pela liderança bem antes do esperado.

A principal preocupação dos pilotos da Mercedes é quanto ao desempenho da escuderia italiana, aliás, mas, especialmente com o alemão Sebastian Vettel, que chegou a dar susto no Canadá, pulando para a ponta da prova logo na largada, mas que acabou chegando em segundo.

A reação do quatro vezes campeão mundial não é tão impressionante quando a de Hamilton, que fez 50 pontos nos dois GPs mais recentes. O piloto da Ferrari, no entanto, marcou 43 nas três últimas provas e está a 36 pontos de Rosberg, contra 52 de um mês atrás.

O australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, e Raikkonen, completam o 'top-5' da classificação atual. Irregulares, os dois tentam se afirmar em busca da primeira vitória na temporada, algo que o holandês Max Verstappen, da escuderia austríaca, já conseguiu, na Espanha.

O mais jovem a vencer na F-1, no entanto, terá que mostrar em Baku uma pilotagem diferente da que apresentou em Mônaco, em GP também disputado em circuito de rua, em que errou mais de uma vez, inclusive na corrida, quando bateu e abandonou.

Outro que chega pressionado é Felipe Massa, que não foi bem nas últimas três provas, e acabou ultrapassado na tabela pelo companheiro de Williams, o finlandês Valtteri Bottas, que ao ser terceiro colocado no Canadá, chegou aos 44 pontos, contra 37 do brasileiro.

Felipe Nasr, por sua vez, vai para mais uma prova em que o grande desafio é tirar rendimento melhor da Sauber. Ao menos, o piloto tentará superar outro piloto da escuderia, o sueco Marcus Ericsson, o que não aconteceu em nenhum GP em que ambos conseguiram receber bandeirada e não abandonaram.

As atividades em Baku começarão nesta sexta-feira, às 6h (horário de Brasília), com o primeiro treino livre. No mesmo dia, quatro horas depois, acontecerá a segunda ativadade. A terceira e última será no sabado, às 7h.

A definição do grid de largada, acontecerá também no sábado, às 10h, mesmo horário do início da corrida, que será no domingo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo