Esporte

Pizzi: "Não é fácil conseguir em campo uma superioridade como a de hoje"

19/06/2016 02h48

Santa Clara (EUA), 18 jun (EFE).- O técnico da seleção de futebol do Chile, Juan Antonio Pizzi, recebeu o 7 a 0 de sua equipe sobre o o México neste sábado pelas quartas de final da Copa América "com muita alegria", consciente de que "não é fácil" conseguir em campo a superioridade vista sobre o rival.

'La Roja' empatou desta maneira seu melhor resultado histórico (7 a 0 sobre a Venezuela em 1979 e 7 a 0 contra a Armênia em 1997), segundo a seleção chilena através de seu perfil oficial no Twitter.

"A sensação que temos é de muita felicidade e, ao mesmo tempo, de tranquilidade porque somos muito conscientes do trabalho que fazemos; sabemos que muitas vezes há altos e baixos e que a única forma de se manter é tentando viver e trabalhar com a máxima intensidade", declarou Pizzi.

O técnico não quis se atribuir todo o mérito desta vitória histórica e lembrou que "este grupo já vem escrevendo a página mais brilhante do futebol chileno".

"Tomara que possamos continuar acrescentando folhas a esse livro e conseguindo alcançar os objetivos", acrescentou.

"Hoje tivemos essa quantidade de gols, mas é preciso levar isso com muita cautela porque não é normal nem habitual", reconheceu Pizzi.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo