Esporte

Técnico diz que Plasil deixará seleção tcheca e que Cech cogita despedida

21/06/2016 20h52

Lens (França), 21 jun (EFE).- O meia Jaroslav Plasil anunciou nesta terça-feira, após a derrota por 2 a 0 para a Turquia, pela Eurocopa, que não vai mais defender a República Tcheca, segundo o técnico da seleção do país, Pavel Vrba, que também afirmou que o goleiro Petr Cech analisa tomar a mesma decisão.

"Plasil me disse depois da partida que não vai continuar. Cech, que tem que pensar a respeito. Esperarei sua decisão, ele tem que analisar", revelou Vrba em entrevista coletiva.

Os dois jogadores têm 34 anos e, junto com Tomas Rosicky, de 35, eram os mais experientes da seleção tcheca. Os três pertenceram à geração que conseguiu a última participação expressiva da República Tcheca em um grande torneio. Foi na Eurocopa de 2004, quando integraram o elenco que chegou à semifinal.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo