Esporte

Martino diz que Di María está em condições de jogar a final da Copa América

MARTIN BERNETTI/AFP
Di María havia se machucado na primeira fase da Copa América Centenário Imagem: MARTIN BERNETTI/AFP

Da EFE, em East Rutherford (EUA)

25/06/2016 20h11

O técnico da Argentina, Gerardo Martino, afirmou neste sábado (25) que o meia-atacante Ángel Di María está em condições de disputar a final da Copa América no domingo (26), contra o Chile.

Em entrevista coletiva prévia ao duelo, o treinador disse que apenas Ezequiel Lavezzi, operado após sofrer uma fratura no cotovelo esquerdo, e Augusto Fernández, com um problema na coxa direita, estão lesionados e fora da partida.

Di María se machucou na primeira fase da Copa América e seu retorno ao time ocorrerá exatamente na grande decisão.

Martino também afirmou que quer vencer a final da Copa América sem se importar em "como" conquistará o título. O técnico disse que está disposto a mudar o estilo de jogo da equipe para se sagrar campeão porque os jogadores merecem levantar a taça.

"Não podemos perder uma nova final. Os jogadores tiraram um grande peso de cima de suas costas ao seguir o mesmo caminho do ano passado. Mas um eventual triunfo amanhã não muda nada, porque o passado já passou", disse o técnico.

"As pessoas querem. Nós e os jogadores queremos o mesmo. Por esse motivo, estamos dispostos a fazer um grande esforço para mudar o resultado do ano passado", destacou o treinador, em referência à derrota para o Chile na Copa América de 2015, nos pênaltis.

O comandante da 'Albiceleste' classificou o Chile como uma das "melhores equipes do mundo" e disse que os rivais fizeram um bom torneio até chegar à segunda decisão consecutiva.

"O Chile tem a elaboração de jogadas e tem a pressão, que são armas fundamentais. Na minha opinião, elas os fizeram uma das melhores seleções do mundo", disse o técnico.

No entanto, Martino destacou que a Argentina cresceu do que o rival desde a decisão entre ambos no ano passado e avaliou que sua equipe é a melhor da Copa América até então.

O técnico também falou sobre Lionel Messi, que representa a "esperança" de toda a equipe no triunfo. "Messi está há bastante tempo tendo um bom rendimento na seleção. Encontrou uma forma de jogar bastante similar à do Barcelona, joga há anos com os mesmos jogadores, e isso faz com que ele se sinta muito bem", completou Martino.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo