Esporte

Atacante "aconselha" técnico e sugere que Bélgica repita escalação de goleada

29/06/2016 15h40

Paris, 29 jun (EFE).- O atacante Dries Mertens viveu instantes de treinador da seleção belga, durante entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira e garantiu que manteria, para o jogo com País de Gales, o mesmo 11 inicial que bateu a Hungria, inclusive, mantendo a presença dele em campo.

"Eu não mudaria um time que ganhou por 4 a 0", disse o jogador do Napoli.

Questionado se colocaria o atacante Yannick Carrasco, que o substituiu no fim do segundo tempo do duelo com os húngaros, desde o minuto inicial na partida de quartas de final, que acontecerá neste sábado, Mertens respondeu com bom humor.

"Com Carrasco estando com 50% das condições?", retrucou o camisa 14 belga.

Reserva nos três jogos da fase de grupos, em que sempre entrou no decorrer dos segundos tempos, Mertens admitiu que aguardava ansiosamente a oportunidade de ganhar espaço entre os titulares, o que aconteceu contra a Hungria.

"Honestamente, tinha a esperança de jogar mais no torneio, por isso, fiquei muito feliz de começar desde o início", afirmou o atacante.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo