Esporte

Mario Gómez: "Itália não é a Eslováquia, vai ser difícil"

29/06/2016 15h34

Paris, 29 jun (EFE).- O atacante alemão Mario Gómez afirmou que a partida entre sua seleção e a da Itália, pelas quartas de final da Eurocopa, será difícil, mas ao elogiar a 'Azzurra' acabou alfinetando a adversária anterior no torneio.

"A Itália não é a Eslováquia, vai ser difícil. Mas o que me importa é que sejamos campeões da Europa. Até agora, fomos muito bem, jogamos uma grande primeira fase e, nas oitavas, melhoramos. Acreditamos em nós mesmos", afirmou, fazendo menção à vitória por 3 a 0 sobre os eslovacos que classificou a Alemanha para as quartas.

No entanto, Gómez reconheceu que, contra a Eslováquia, sua seleção não foi perfeita e, por isso, vê necessidade de "melhora" até o duelo do próximo sábado.

"Este é um jogo super difícil e emocionante. Os italianos também pensarão o mesmo sobre nós", acrescentou.

Em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira, o atacante do Besiktas também falou sobre os atentados terroristas ocorridos em Istambul, cidade de seu clube. "Isso não está certo, e não importa em que lugar do mundo aconteça. É muito triste. É um tema que diz respeito a muitos. Mandei mensagens para todos os meus amigos para saber como estavam", concluiu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo