Esporte

Guardiola é apresentado e diz que vê trabalho no City como desafio pessoal

03/07/2016 13h24

Manchester, 3 jul (EFE).- Apresentado neste domingo como novo técnico do Manchester City, o espanhol Josep Guardiola revelou que o principal motivo para ter assumido o comando dos 'Citizens' foi o desafio de conquistar títulos na Inglaterra, depois de ter sido campeão na Espanha e na Alemanha.

"Estou aqui porque é um grande desafio. Essa é a razão principal. Demonstrei do que era capaz primeiro em Barcelona e depois na Alemanha. E agora quero demonstrar aqui na Inglaterra que sou um bom treinador", declarou Guardiola.

O técnico de 45 anos, que chega ao clube inglês para substituir Manuel Pellegrini, foi apresentado de forma oficial às 15h (local, 11h de Brasília) na City Football Academy (CFA), o centro de treinamentos da equipe, em um evento com a presença de cerca de 6 mil pessoas.

"O que quero é que os torcedores, que são os que amam de verdade o futebol, estejam orgulhosos do que fazemos. Mas isto eu não consigo sozinho, preciso dos jogadores, da comissão técnica e de vocês, os torcedores. Sem vocês nada disso é possível", disse o treinador, despertando gritos e cânticos de boa parte dos presentes.

Como jogador, Guardiola defendeu Barcelona, Brescia, Roma, Al Ahli, do Catar, e Dorados, do México. Segundo ele, trabalhar na Inglaterra era um sonho antigo que agora se realiza.

"Quando era jogador, um dos meus sonhos era jogar na 'Premier League', mas não foi possível. Agora posso trabalhar aqui como técnico. É maravilhoso, quero viver tudo isso e demonstrar na Inglaterra que sou um bom treinador", destacou o espanhol, que mais uma vez reiterou o gosto por vencer jogando bem.

"Tenho minha forma de trabalhar, a forma na qual quero que minha equipe funcione. Mas primeiro devemos criar algo especial entre nós. Queremos jogar bem, e depois vencer um jogo, e depois outro, e depois mais um", afirmou um confiante Guardiola, que, no entanto, ressaltou que precisa de tempo para que seu trabalho dê frutos.

O ex-volante será um dos vários bons técnicos que disputarão o Campeonato Inglês na próxima temporada. Entretanto, segundo ele, quem se destaca mesmo são os jogadores.

"As pessoas não irão ao Etihad Stadium (casa do City) para assistir ao treinador, mas sim aos jogadores. Estamos aqui para ajudá-los. Neste ano estarão no campeonato José (Mourinho), (Jürgen) Klopp, (Antonio) Conte, (Claudio) Ranieri, (Mauricio) Pochettino... Mas ajudamos o jogador, nada mais", considerou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo