Esporte

Pistorius não irá recorrer de sentença de prisão imposta por assassinato

06/07/2016 09h53

Pretória, 6 jul (EFE).- O atleta sul-africano Oscar Pistorius não recorrerá da condenação de seis anos de prisão imposta pelo Tribunal Superior de Pretória como autor do assassinato de sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp.

"Não vamos iniciar nenhum trâmite de apelação, Oscar cumprirá a pena que lhe foi imposta", declarou aos meios de comunicação sul-africano um de seus advogados, Andrew Fawcett.

Os parentes da vítima não quiseram comentar a decisão da juíza Thokozile Masipa, que considerou que uma longa pena "não faria justiça" porque o acusado mostrou verdadeiro arrependimento e disposição para reabilitação.

Pistorius matou sua namorada em 14 de fevereiro de 2013 disparando quatro vezes através da porta do banheiro de sua casa de Pretória.

O atleta alegou que tinha confundido com um ladrão e que disparou por pânico, versão que foi aceita pela citada juíza, que lhe condenou a cinco anos de prisão por um crime de homicídio.

O Supremo anulou esta sentença ao considerar que houve uma clara intenção de matar, soubesse ou não quem estava atrás da porta, e lhe declarou culpado de um crime de assassinato.

A sentença de hoje eleva em um ano a condenação inicial e rejeita o mínimo de 15 anos solicitado pelo Ministério Público e que é a pena estabelecida a legislação sul-africana para um crime de assassinato.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo