Esporte

Campeão olímpico em 2008, sul-coreano é liberado pela CAS para vir ao Rio

08/07/2016 13h42

Seul, 8 jul (EFE).- O sul-coreano Park Tae-hwan, campeão olímpico dos 400 metros livres nos Jogos de Pequim, e prata nos 200 e 400 metros nos Jogos de Londres, teve recurso aceito pela Corte Arbitral do Esporte (CAS), após ser punido por doping, e assim poderá vir ao Rio de Janeiro, conforme veiculo a agência de notícias "Yonhap".

O atleta havia sido suspenso em maio por 18 meses pela Federação Internacional de Natação (Fina), devido exame positivo para testosterona. Como a punição foi retroativa a 3 de setembro de 2014, data do antidoping, ele estava liberado para competir desde 2 de março.

O Comitê Olímpico da Coreia do Sul, no entanto, o excluiu da lista preliminar da equipe de natação que virá ao Rio, apesar da vaga garantida nas provas dos 100, 200, 400 e 1.500 metros, pelo envolvimento com doping no passado.

Tae-hwan entrou com recurso na CAS em abril contra o veto, baseado em normas do órgão nacional, que impede que qualquer atleta que se envolveu em algum caso de consumo de substância ilegal, represente o país.

Na semana passada, um tribunal de Seul já havia dado sentença favorável ao nadador. O Comitê Olímpico se pronunciou, garantindo qu e acabará as duas decisões e permitirá a presença do atleta nos Jogos do Rio.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo