Esporte

Henry recebe ultimato de Wenger e deixa comando do time sub-18 do Arsenal

12/07/2016 11h09

Londres, 12 jul (EFE).- O francês Thierry Henry deixou nesta terça-feira a função de técnico do time sub-18 do Arsenal, após ultimato do compatriota Arsene Wenger, e seguirá trabalhando apenas como comentarista na emissora britânica "Sky Sports".

O ex-atacante, de 38 anos, trabalhava quatro dias por semana no clube londrino, enquanto estava tirando licença de técnico da Uefa. O treinador da equipe principal garantiu que ele não poderia conciliar os dois papéis.

Henry é comentarista da "Sky Sports" desde dezembro de 2014, função que assumiu 15 dias depois de abandonar o futebol, quando atuava no New York Red Bulls, dos Estados Unidos.

O francês, que recebe cerca de 4 milhões de libras (R$ 17,1 milhões) por ano, trabalhava de graça no Arsenal, justamente para tirar a licença da Uefa, que o autoriza a trabalhar como técnico de futebol na Europa.

O novo técnico do time sub-18 do Arsenal será outro ex-jogador do clube, o inglês Tony Adams. Já o sueco Freddie Ljungberg, que passou quase dez anos defendendo os 'Gunners', assumirá a equipe sub-16. EFE

jp/bg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo