Esporte

Herói de Portugal, Éder garante que não guarda rancor dos críticos

13/07/2016 18h09

Lisboa, 13 jul (EFE).- Novo herói de Portugal, o atacante Éder, autor do gol do título da Eurocopa, garantiu nesta quarta-feira que não guarda rancor de todos que o criticaram, inclusive, durante a partida contra a França, no último domingo, em Saint-Denis.

"Estão todos desculpados. Não guardo rancor. As pessoas dão suas opiniões e têm direito de expressá-las. Agora, se mudaram de ideia, eu fico feliz", disse o jogador do Lille, durante evento realizado por uma marca esportiva que atua no país.

O atacante, de 28 anos, nascido em Guiné-Bissau, foi um dos nomes mais contestados na convocação do técnico Fernando Santos. Além disso, nas redes sociais, os torcedores não esconderam o pessimismo quando Éder entrou em campo, substituindo Renato Sanches, no fim do tempo normal.

Depois de marcar na prorrogação, garantindo a vitória lusa por 1 a 0, o jogador alcançou a redenção, inclusive, com a criação de um site o "Desculpa Éder", em que antigos críticos escancaram o arrependimento. Nada disso, para o atleta, importa, depois da conquista do título inédito.

"Foi fantástico. Dormi pouco até agora. É uma sensação realmente incrível. São muitas emoções. Só agora começo a me dar conta do que aconteceu, o que conquistamos", disse o atacante.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo