Esporte

Justiça rejeita recurso de Tom Brady contra suspensão pelo "Deflategate"

13/07/2016 17h17

Redação Central, 13 jul (EFE).- A justiça americana rejeitou nesta quarta-feira um recurso apresentado pelo quarterback Tom Brady, do New England Patriots, contra a suspensão de quatro jogos imposta pela NFL, imposta pelo envolvimento no chamado 'Deflategate'.

Em abril do ano pasado, um painel de três juízes determinou que o comissário da liga, Roger Goodell, atuou dentro das suas atribuições ao puní-lo, no caso do esvaziamento de bolas na final da Conferência Americana de 2015, em vitória sobre o Indianapolis Colts, que garantiu o time do marido de Gisele Bundchen, no Super Bowl.

Brady recorreu contra esta decisão, em audiência no plenário do Segundo Circuito de Cortes de Apelação dos Estados Unidos. Agora, se quiser levar o caso adiante, o quarterback terá que apelar à Suprema Corte americana.

A suspensão imposta ao jogador, o impedirá de atuar nos quatro primeiros jogos dos Patriots na temporada regular. O primeiro acontecerá no dia 11 de setembro, fora de casa, contra o Arizona Cardinals.

Na sequência, provavelmente, com o quarterback reserva, Jimmy Garoppolo, a equipe de Boston, ainda pegará Miami Dolphins, Houston Texans e Bufalo Bills. A estreia de Brady aconteceria apenas em 9 de outubro, contra o Cleveland Browns.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo