Esporte

Aplicativo ajudará atletas espanhóis a verificar sintomas de zika no Rio 2016

14/07/2016 12h48

Madri, 14 jul (EFE).- Os atletas olímpicos da Espanha contarão com um aplicativo para celular para verificar possíveis sintomas do vírus da zika e terão um acompanhamento até seis meses depois dos Jogos Olímpicos, explicou nesta quinta-feira o Comitê Olímpico Espanhol.

O aplicativo foi desenvolvido com o Instituto de Saúde Global, uma organização "especializada em doenças tropicais", segundo explicou o presidente do Comitê Olímpico Espanhol (COE), Alejandro Blanco, em entrevista coletiva depois da Junta de Federações Olímpicas que aconteceu hoje em Madri.

"Vamos preparar um aplicativo para celular para que se houver o menor sintoma de zika possamos fazer um controle e um acompanhamento, que será exemplar. Nós o oferecemos ao Comitê Olímpico Internacional, mas não podiam preparar uma operação para 20.000 pessoas", acrescentou Blanco, dizendo que as medidas do COE sobre este tema está "à altura dos melhores comitês do mundo".

Blanco afirmou que o alarme "foi muito reduzido" em relação há alguns meses, nos quais havia mais alarde porque "não havia muita informação", e explicou que todos os desportistas terão um manual de segurança e de recomendações gerais para os Jogos, onde saberão "o quê fazer e o que não".

Elena Herrero, médica da Comissão Médico-Científica do COE, explicou que o organismo olímpico espanhol trabalhou "seriamente" em medidas de proteção e prevenção para os atletas, e também assinaram acordos com empresas para o uso de repelentes de mosquitos durante a estadia no Rio de Janeiro.

"No Rio, as medidas são de ponta e estamos liderando (o controle) a nível dos melhores comitês, através do monitoramento de todos os desportistas. Este aplicativo vai permitir fazer isso e os médicos vão estar lá para isso", disse Elena, afirmando que o COE manterá o acompanhamento médico até três ou seis meses depois dos Jogos.

"Durante os três a seis meses posteriores vamos manter este aplicativo funcionando para que se após o retorno de viagem aparecer algum sintoma ou alguma doença tropical, como dengue e chicungunha, possamos controlar. Nossos desportistas podem ficar tranquilos com o atendimento médico do COE", finalizou Elena.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo