Esporte

Ex-jogador Stosic responderá a acusações de agressão sexual em liberdade

15/07/2016 15h35

Sevilha, 15 jul (EFE).- Um tribunal de Sevilha decidiu nesta sexta-feira deixar em liberdade provisória com acusações o sérvio Vlada Stosic, ex-jogador e ex-diretor esportivo do Betis, que foi detido na quinta-feira pela polícia por um suposto crime de agressão sexual contra uma turista canadense.

A justiça decretou a liberdade provisória com acusações para o sérvio e impôs a obrigação de comparecer ao tribunal quando for chamad, informaram fontes judiciais.

O Juizado de Instrução 19 de Sevilha definiu estas medidas após escutar a versão das duas jovens canadenses que denunciaram os fatos e a de Stosic, como investigado.

De acordo com a imprensa local, os incidentes ocorreram na noite da quarta-feira, quando, supostamente, Stosic se encontrou com duas turistas canadenses junto com o atual secretário técnico do Betis, Alexis Trujillo, que também depôs em qualidade de investigado à polícia, mas não chegou a ser detido.

Stosic e Alexis teriam levado as duas jovens, de 21 e 24 anos, a um apartamento no bairro de León XIII, onde teria ocorrido a agressão. Alexis Trujillo não foi detido por estes feitos e, portanto, passou à disposição judicial.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo