Esporte

Pódio do Tour de France fica entre silêncio e emoção por atentado em Nice

15/07/2016 15h06

La Caverne du Pont-d'Arc (França), 15 jul (EFE).- Como não poderia deixar de ser, a 14ª etapa do Tour de France foi marcada por lembranças às vítimas do atentado ocorrido na quinta em Nice, com um minuto de silêncio e algumas pessoas visivelmente emocionadas.

Durante a cerimônia de premiação após a 13ª etapa do Tour, um contrarrelógio individual de 37,5 quilômetros entre Bourg-Saint-Andéol e La Caverne du Pont-d'Arc, não houve música, nem aplausos, nem gritos, mas muito respeito, silêncio, e algumas lágrimas, que resumiram o estado de ânimo do pelotão.

Alguns ciclistas guardam na lembrança a disputa da Paris-Nice, uma das etapas do World Tour da UCI, realizada em março passado.

Dono da camisa amarela de líder geral do Tour, o britânico Chris Froome era um dos mais emocionados no pódio. Também demonstraram estar afetados o holandês Tom Dumoulin, e o diretor da prova, Christian Prudhomme, entre tantos outros.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo