Esporte

Marc Márquez faz a "quadra" na Alemanha e dispara na liderança da MotoGP

17/07/2016 13h17

Sachsenring (Alemanha), 17 jul (EFE).- O espanhol Marc Márquez conquistou neste domingo a sétima vitória seguida da carreira no Grande Prêmio da Alemanha, a quarta na categoria principal, e aumentou a vantagem na liderança do Mundial de MotoGP, com 48 pontos de vantagem para o segundo colocado.

Desde que subiu para a categoria rainha, Márquez correu no circuito alemão de Sachsenring quatro vezes e levou a melhor nas quatro provas. Antes disso, já havia triunfado uma vez nas 125 c.c. (atual Moto3) e duas na Moto2.

Neste domingo, o espanhol e a Honda souberam ler com perfeição as condições da corrida, que teve tempo instável, e trocaram de moto para pneus slick no momento correto. O piloto número 93 largou na frente e perdeu posições, mas se recuperou na base da boa estratégia e subiu ao lugar mais alto do pódio pela terceira vez na temporada.

O top-3 ainda teve o britânico Cal Crutchlow (LCR Honda), que pôde comemorar a segunda posição dias antes do nascimento do primeiro filho, e o italiano Andrea Dovizioso (Ducati), que foi quem passou mais tempo na dianteira do GP, mas retardou a mudança de equipamento e ainda teve de resistir para ficar em terceiro lugar.

Principais concorrentes de Márquez, os pilotos da Yamaha não foram bem na Alemanha. Ainda em segundo lugar na temporada, com 122 pontos, contra 170 do líder, o também espanhol Jorge Lorenzo teve um fim de semana para esquecer e foi apenas o 15º colocado.

Já o italiano Valentino Rossi, terceiro no ano, com 111, chegou a andar na ponta em Sachsenring, mas desobedeceu às ordens da equipe, demorou a ir para o pit e teve de se contentar em ser oitavo.

A corrida da Moto2 teve o melhor cenário possível para o francês Johann Zarco (Ajo Kalex), que chegou à Alemanha dividindo a liderança com o espanhol Álex Rins (Pons Kalex), cada um com 126 pontos.

Recentemente contratado para guiar a Yamaha Tech 3 na MotoGP no ano que vem, o atual campeão da categoria intermediária venceu a prova e agora é primeiro colocado no Mundial de forma isolada, com 25 pontos de frente. Isso porque Rins, com dificuldades com a pista molhada, sofreu uma queda a duas voltas do fim.

O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli (Marc VDS Kalex) também não completou a corrida e agora é oitavo colocado no ano, com 66 pontos.

Na Moto3, a vitória foi do malaio Khairul Idham Pawi (Team Asia Honda), enquanto o sul-africano Brad Binder (Red Bull KTM Ajo), líder do Mundial, cruzou a linha de chegada em oitavo lugar.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo