Esporte

Após 3 anos de saída polêmica para o Bayern, Götze volta ao Borussia Dortmund

21/07/2016 11h27

Berlim, 21 jul (EFE).- Após três anos da polêmica transferência para o Bayern de Munique, o atacante alemão Mario Götze acertou seu retorno para o Borussia Dortmund, clube que o formou.

"A conclusão formal da transferência e os exames médicos ocorrerão nos próximos dias", informou o Dortmund em comunicado.

Segundo números não oficiais, Dortmund pagou 22 milhões de euros, mais valores variáveis, para ter de volta o atacante. Se confirmados os números, o clube teve um "lucro" de 15 milhões em relação à venda para o Bayern, que pagou 37 milhões de euros por Götze há três anos.

Götze, de 24 anos, foi um dos principais nomes do Dortmund nas conquistas do Campeonato Alemão em 2010/2011 e 2011/2012. Além disso, levou o clube à decisão da Liga dos Campeões de 2012/2013, contra o próprio Bayern, que pagou a cláusula de rescisão do atleta para contratá-lo antes da grande final.

Alegando uma lesão, o atacante não disputou a partida realizada no estádio de Wembley, em Londres, gerando grande polêmica. Muitos torcedores do Dortmund não acreditavam que Götze estava de fato lesionado e chamaram o jogador de "traidor".

Durante suas três temporadas no Bayern, Götze marcou os mesmos 22 gols que tinha feito pelo Dortmund, mas nunca se firmou entre os titulares. Agora, com a chegada do técnico italiano Carlo Ancelotti, o clube deu a entender que não contaria com ele para o futuro.

Em declarações divulgadas pelo Dortmund, Götze disse que espera convencer com suas atuações todos aqueles que não o receberão de braços abertos por ainda se sentirem traídos com a saída do clube.

"Posso entender que muitos torcedores não compreenderam minha decisão. Hoje não tomaria uma decisão assim. Agora que volto para casa, tratarei de convencer a todos, e também aqueles que não me receberão de braços abertos, com meu rendimento em campo. Minha meta é voltar a jogar meu melhor futebol", afirmou.

O executivo-chefe do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge, por sua parte, disse que a transferência era uma boa solução para todos os envolvidos.

Além de Götze, Dortmund contratou para o próxima temporada o português Raphael Guerreiro, do dinamarquês Emre Mor, os espanhóis Marc Barta e Mikel Merino, do francês Ousmane Dembelé.

No entanto, o clube perdeu Henrikh Mkhitaryan, para o Manchester United, Mats Humels, para o próprio Bayern, e Ilkay Gündogan, para o Manchester City, arrecadando 102 milhões de euros.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo