Topo

Esporte

COI anuncia 45 novos casos positivos de doping em Pequim 2008 e Londres 2012

22/07/2016 08h45

Madri, 22 jul (EFE).- O Comitê Olímpico Internacional (COI) confirmou nesta sexta-feira que a análise do segundo rodízio de amostras colhidas nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008 e Londres 2012 revelou 45 novos casos positivos de doping.

Em comunicado emitido hoje, o organismo que rege o esporte olímpico informou que foram detectados 30 novos casos de doping em Pequim 2008, e 15 em Londres 2012, o que aumenta para 98 o número de positivos após a reanálise das amostras colhidas nesses dois eventos.

O COI explicou que a análise de amostras de Pequim foram centradas fundamentalmente em medalhistas e que 23 dos 30 novos casos positivos são de esportivas que subiram no pódio. Eles pertecem a quatro modalidades distintas e foram afetados oito comitês olímpicos nacionais.

Os 15 testes positivos de Londres 2012, por sua vez, afetam dois esportes e nove comitês nacionais.

Os Comitês Olímpicos Nacionais e suas respectivas Federações Internacionais serão informados uma vez que inicie o procedimento contra os esportistas aos quais o COI acusa de terem infringido o código antidoping. Os mesmos não poderão participar dos Jogos Olímpicos de Rio 2016.

Os 98 testes positivos foram revelados após uma reanálise de 1.243 amostras recolhidas nos Jogos de Pequim e Londres.

Após a realização entre 5 e 21 de agosto dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o Comitê Olímpico Internacional procederá à análise do terceiro e quarto rodízios.

O presidente do COI, Thomas Bach, ressaltou no mesmo comunicado que a reanálise destas amostras evidencia "a decidida luta" da organização contra o doping.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte